14 de mar de 2012

When It´s at Night (drama, 2008)


País: Coréia do Sul
Gênero: comédia, romance, drama
Duração: 17 episódios
Produção: MBC

Direção: Son Hyeong-seok
Roteiro: Kim Eun-hee, Yoon Eun-kyeong

Elenco: Kim Seon-ah, Lee Dong-geon, Lee Joo-hyeon, Kim Jeong-hwa, Park Ki-woong.

Resumo

O relacionamento conflituoso entre uma funcionária de um museu e um professor de arqueologia, e que têm em comum o desejo de descobrir antiguidades coreanas, mas com motivações bem diversas.

Ladrões 'profissionais' de antiguidades, que sabem diferenciar de longe uma cerâmica Goryeo de uma cerâmica falsa... Detetives de polícia especializados em perseguir esses ladrões espertinhos... E há ainda os funcionários públicos que dedicam suas vidas à procura dos ladrões de sítios arqueológicos, por puro patriotismo... Essas pessoas estão envolvidas com a herança cultural e, ao mesmo tempo, com os altos e baixos de suas vidas pessoais.

Comentário

Um dos dramas prediletos dessa casa, logo atrás de The City Hall, e não por acaso, estrelado pela mesma Kim Seon-ah, When It´s at Night é pura diversão.

Romance sempre é bom, e se for acompanhado de muita comédia, alguma dose de ação e uma pitada de drama – é a fórmula ideal, presente do início ao fim em When It´s at Night.

O cenário deste drama é a ‘Administração de Herança Cultural da Coréia do Sul’ e o museu anexo que abriga as obras de arte antiga do país. Os personagens são os funcionários da instituição, responsáveis pelo zelo do patrimônio histórico-cultural e pela investigação dos crimes contra esse patrimônio. Na periferia, estão os ‘inimigos’, os ladrões de obras de arte, os intermediários (que repassam os roubos) e os compradores, gente muito rica e poderosa, do país e do exterior. E bem na linha de fogo entre os protetores da herança cultural, gente patriota e abnegada, e os que se apropriam dessas obras, está o professor Kim Beom-sang, uma espécie de ‘Indiana Jones’ coreano.

Kim Beom-sang (Lee Dong-geon) é professor universitário, popular apresentador de TV, playboy, brilhante especialista em restauração de obras de arte antiga, e que tem a habilidade de detectar falsificações de longe.


O problema é que Kim Beom-sang não se preocupa com ética quando se trata de adquirir e restaurar uma antiguidade. Como ele faz questão de frisar “Um restaurador é como um médico, que só se preocupa em tratar do paciente, sem se importar com sua origem”. Um pensamento nada nobre para aqueles que investigam o tráfico de obras antigas.

E quando ele se depara com Heo Cho-hee (Kim Seon-ah), membro da equipe de investigação de crimes contra o patrimônio cultural e funcionária dedicada, o confronto é inevitável.


O principal ponto positivo de When It´s at Night certamente é o roteiro. A dupla feminina de escritoras, Kim Eun-hee e Yoon Eun-kyeong têm se aprimorado a cada trabalho, e vêm conseguido equilibrar com sucesso drama e comédia. Em My Fair Lady (drama, 2009) elas já mostraram com desenvoltura sua veia cômica. Em When It´s at Night elas tratam com muito talento e carinho os personagem secundários, ponto importantíssimo para dar qualidade a um drama. Se os personagens principais ficam um pouco restritos num tom mais dramático – alguns podem lamentar a seriedade excessiva de Kim Seon-ah, excelente nas comédias – os secundários se esbaldam na comédia, o que resulta num equilíbrio muito saudável.

A estória está centrada na funcionária pública Heo Cho-hee, que se tornou investigadora do patrimônio cultural por um só motivo – a busca de um tesouro muito pessoal, o pai desaparecido há 7 anos. Seu mentor e chefe é No Jeong-pil (Ki Joo-bong), um dos poucos que conhece o segredo doloroso do passado de sua família.

Seus colegas, por outro lado, são o estereótipo do servidor público: preguiçosos, e perdem mais tempo bebendo café e fofocando do que produzindo algo de útil. Na Dae-gil (o sempre engraçado Kim Seung-wuk - o mordomo de My Fair Lady) sonha em ser chefe, embora deteste grandes esforços. Lee Sang-hoo (Kim Joon-ho) é a sombra de Na Dae-gil, e eterno apaixonado pela colega Wang Joo-hyeon (a surpreendente atriz Kim Jeong-hwa). Wang Joo-hyeon é uma garota que só é ágil na hora de espalhar alguma fofoca, mesmo que seja sobre ela mesma.




E tem ainda a equipe policial de apoio. O chefe é o jovem e belo detetive Kang Si-wan (Lee Joo-hyeon), viúvo, e que só tem olhos para a filha de cinco anos. Seus colegas são os esforçados, embora um tanto atrapalhados detetives Jo Sang-cheol (Jo Hee-bong) e Park Jin-gook (Kim Hyeong-beom).



No lado dos malvados temos uma trupe de bandidos – por sorte – um tanto inabilidosa, liderada por Kim Sang (sim, o nome é quase igual ao do prof. Kim Beom-sang, confusão garantida entre os personagens), um ladrão de antiguidades que tem mais pose do que fama. Seu principal cliente é o empresário Jang Oh-seong (Kim Yong-geon), um dos maiores colecionadores de arte do país, e que também costuma usar os serviços de consultoria do prof. Kim Beom-sang.


Entre a correria atrás de obras de arte roubadas, dos meliantes, e do pai desaparecido, Heo Cho-hee ainda vai achar tempo para uma descoberta ainda mais preciosa... o amor da sua vida.

A atriz Kim Seon-ah está ótima como sempre, um pouco acima do peso, provavelmente ainda reflexo do drama anterior, My Name is Kim Sam-soon (mas ela emagrece visivelmente ao longo de When It´s at Night). Talvez esse seja seu papel mais contido, mas eu gostei de vê-la num tom mais suave e dramático (sem os excessos de Kim Sam-soon), e sua interação com o ator Lee Dong-geon é excelente. Duvido que alguém concorde comigo (incluindo ela!), mas gostei mais do par com ele do que com Lee Dong-wook. Pelo menos Lee Dong-geon canta bem melhor (o dueto entre ela e Dong-geon é bem mais afinado do que com Dong-wook, em Scent of a Woman).


Lee Dong-geon... O que fazer, não posso resistir ao seu charme masculino, num rosto de menino. Sua carreira curta de ator (Lovers in Paris) e cantor sofreu uma pausa brusca com alistamento militar obrigatório , mas felizmente ele está de volta à vida civil a partir de abril, e ao mundo artístico em breve, esperamos!

Destaque especial para o jovem ator Park Ki-woong, como Heo Gyoon, o irmão caçula de Kim Seon-ah, papel que lhe deu oportunidade de demonstrar seu talento tanto na comédia como no drama. Park fará parte do elenco do drama Bridal Mask (maio de 2012).

Quem é Quem...

- Son Hyeong-seok, diretor: Personal Taste (drama, 2010).

- Kim Eun-hee, roteirista: ela será roteirista do aguardado drama Ghost com o astro Son Ji-sub. Escreveu dramas de sucesso como Sign (2011), Harvest Villa (2010), My Fair Lady (2009) e o clássico Winter Sonata (2002).

- Yoon Eun-kyeong, a roteirista compartilhou o sucesso com Kim Eun-hee nos dramas My Fair Lady (2009), Summer Scent (2003) e Winter Sonata (2002), entre outros.

"For Couples Who Have Just Begun" - Dueto de Lee Dong Gun e Kim Sun Ah.


Um comentário:

  1. Anônimo9:17 AM

    Ola pessoal, eu estou baixando este drama agora e assisti o primeiro episódio e gostei. Obrigada por esse trabalho exelente de vocês. Bon Dia.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...