19 de mar de 2012

Hungry! (drama, 2012)


No final do ano passado eu já havia lido com grande interesse sobre a estreia do drama Hungry!. E minha curiosidade foi despertada por dois motivos principais: o elenco e o tema. O tema: gastronomia. Tudo bem que é um assunto que parece saturado para alguns, de tantas produções que surgiram sobre cozinheiros, restaurantes, enologia, etc, nos últimos tempos. Azar para quem não gosta, pois eu adoro a temática gastronômica (embora às vezes seja quase uma tortura ver tantas delícias desfilando pela telinha). E por falar em delícia... O elenco de Hungry! é uma maravilha. Atores (/músicos) da melhor qualidade; uma garotada muito talentosa e divertida.
Assista o primeiro episódio, e vai ser fisgado de cara!

Título (em inglês): Hungry!
Formato: Renzoku
Gênero: comédia, romance, gastronomia
Duração: 11 episódios
Produção: Fuji TV

Roteiro: Omori Mika
Direção: Motohashi Keita, Shiraki Keiichiro, Kiuchi Taketo

Música: Ohashi Torio
Música tema: Rock me Baby (The Bawdies)
Trilha: Mayonaka no Hidamari (Yasuta Nao); HUNGRY (The Bawdies)

Comentário

Mukai Osamu é Yamate Eisuke, um ex-baixista de uma banda de rock que desiste de seu sonho de ser músico para dar continuidade a uma tradição familiar, a administração de um restaurante de culinária francesa.

Kuninaka Ryoko é Tachibana Maria, a namorada mais velha de Eisuke, que trabalha em um banco. Ela fica chocada ao descobrir que ele abandonou sua (fracassada) carreira musical para dedicar-se ao restaurante, e fica insegura quanto ao relacionamento dos dois. Isso é o que diz a sinopse, mas não vejo o porquê de ela não querer que ele siga a carreira gastronômica, já que Eisuke fez curso de ‘chef’ e, como músico, não conseguiu decolar após 15 anos de tentativas fracassadas.

Takimoto Miori é Okusu Chie, uma estudante universitária de 20 anos cuja família de agricultores fornece os vegetais para o restaurante ‘Le Petit Chou’ de Eisuke. Embora a primeira impressão dela sobre o Eisuke ‘roqueiro’ não seja das melhores, ela acaba se apaixonando pelo Eisuke ‘Chef’, ao provar seus pratos deliciosos.

E, obviamente, o triângulo amoroso entre Eisuke e as duas jovens acaba sendo inevitável.


Inagaki Goro (do veterano grupo musical SMAP) interpreta o empresário Tokio, um afetadíssimo dono de uma cadeia de restaurantes franceses, que compra o restaurante da mãe de Eisuke, tornando-se rival do jovem no disputado mundo da culinária.

Eisuke leva para trabalhar em seu novo restaurante os amigos e ex-membros de sua banda de rock Rockhead. São eles Tsukamoto Takashi, como o guitarrista Sumiyoshi Kenta (o mais calmo e centrado do grupo), Miura Shohei, como o vocalista temperamental Hiratsuka Taku e Kawabata Kaname (do Chemistry), como o baterista Fujisawa Tsuyoshi.

Mukai Osamu (1982) atuou em inúmeros dramas, como Nodame Cantabile (2006, como Kikuchi Toru), Shinzanmono (2010), e no filme Paradise Kiss (2011) entre muitos outros.


Tsukamoto Takashi (ator, cantor, 1982), um de meus atores favoritos da nova geração, aparece em dramas (os que vi com ele) como Natsu no Koi wa Nijiiro no Kagayaku (Fuji TV, 2010, ep6), Magerarenai Onna (NTV, 2010) e no filme Midnight Sun (2006), filme este, por sinal, altamente recomendável.

Outro que adoro, desde que o vi em Hanazakari no Kimitachi (2011) é o queridíssimo Miura Shohei (1988).


Curiosidade: o drama Hungry! parece ter se inspirado (muito) no filme alemão Soul Kitchen (2009), de Fatih Akin.

Um comentário:

  1. Ok, confesso que já tinha ouvido falar desse drama, mas não tinha dado importância a ele até agora ao ler sua opinião.
    Parece ser meu estilo de drama, e realmente nos últimos tempos têm saido vários dramas com essa temática. Como eu ainda não assisti nenhum, não estou saturada do tema, rs.

    :*

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...