9 de mar de 2012

Shinya Shokudo (drama, 2009)


País: Japão
Título: Shinya Shokudo (Late-Night Diner)
Produção: TBS, MBS
Formato: Renzoku
Duração: 10 episódios
Gênero: Comédia dramática


Produção: Moriya Takeshi, Tosaka Takuma
Estória original (mangá): Abe Yarou
Roteiro: Manabe Katsuhiko, Mukai Kousuke, Oikawa Takurou, Wada K.
Direção: Matsuoka Jouji, Oikawa Takurou, Tosaka Takuma.
Food Stylist: Iijima Nami
Design: Amuse, MBS (Mainichi Housou)
Música Tema (final): Believe in Paradise, de Magic Party
Narração: Kobayashi Kaoru

Elenco: Kobayashi Kaoru, Matsushige Yutaka, Andou Tamae, Ayata Toshiki,
Yamanaka Takashi, Fuwa Mansaku, Motoi Hiroyuki, Odagiri Joe, etc.


Quando o dia chega ao fim, e as pessoas estão a caminho de casa, o meu dia começa.”

{Menu}
Tonjiru Tradicional: 600 yen
Cerveja: 600 yen
Sakê: 500 yen
Shochu: 400 yen
(Máximo de 3 drinques por cliente)

Esse é o meu menu. A possibilidade de servir-se qualquer outra coisa, desde que possível... É o meu modelo de negócio. Estou aberto da meia-noite, às sete da manhã. É o que chamam de... “Shinya Shokudo” (restaurante da meia-noite). Como vão os negócios? Eu diria que “bem o bastante”.

É sempre com essa introdução, e com a belíssima canção Omohide (recordações), de Suzuki Tsunekichi que começa cada episódio do drama japonês Shinya Shokudo.

Mangá original de Abe Yarou

Resumo

Um pequeno restaurante de esquina, em um bairro comercial de Tóquio, que só abre da meia-noite às sete da manhã, e que apresenta um cardápio fixo. Apesar disso, os clientes chegam ao restaurante, noite após noite, pelo prazer de conversar com o proprietário e com os pedidos culinários mais exóticos, os quais ele sempre atende, sem hesitar. A cada episódio, o drama retrata as estórias dos clientes, que vão de um membro da yakuza, à artistas do underground, passando por trabalhadores comuns que vivem a vida solitária de uma metrópole.


Comentário

A memória humana é algo muito complexo, e ela pode nos falhar ou nos enganar, com falsas memórias, ou reconstituições fantasiosas de nosso passado. Mas se tem um sentido que nos faz evocar lembranças do passado, e torna inesquecíveis certos momentos de nossa história pessoal, esse sentido é o paladar.

Quando um cliente chega ao “Shinya Shokudo” e pede ao ‘Master’ (Kobayashi Kaoru) que prepare um prato especial, essa pessoa está tentado resgatar uma lembrança marcante de sua vida. E é através da visão desses indivíduos, devorando os deliciosos pratos preparados pelo misterioso proprietário do restaurante, que descobrimos seus segredos mais íntimos, seus traumas, seus amores, seus arrependimentos.

Em um formato compacto de 25 minutos de duração, com uma sensibilidade incrível em contar as mais diversas estórias de profundo drama humano, os diretores e roteiristas de Shinya Shokudo criaram um produto único, uma joia da dramaturgia televisiva.

Depois do tremendo sucesso de público e crítica, Shinya Shokudo entra em sua segunda temporada, no ano de 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...