23 de set de 2014

Winter Sonata (drama, 2002)


País: Coréia do Sul
Gênero: drama, romance
Duração: 20 episódios
Produção: KBS TV

Direção: Yoon Seok-ho, Lee Hyeong-min
Roteiro: Kim Eun-hee, Yoon Eun-kyung, Oh Soo-yeon

Elenco: Bae Yong-joon, Choi Ji-woo, Park Yong-ha, Park Sol-mi, Lee Hye-eun, Ryoo Seung-soo, Kim Hae-sook, Song Ok Sook, Jeong Dong-hwan, Park Hyeon-sook, Kwon Hae-hyo.


Resumo

Joon-sang se muda para o interior, em busca do pai que nunca conheceu, e passa a frequentar a escola secundária local. Yoo-jin fica interessada no novo colega, despertando o ciúmes de seu amigo de infância, Sang-hyeok . Yoo-jin e Joon-sang vivem seu primeiro amor adolescente, sem imaginar que o destino iria separá-los cruelmente. Dez anos depois, Yoo-jin conhece um homem chamado Lee Min-hyeong, que é simplesmente idêntico ao desaparecido Joon-sang, e as lembranças do passado voltam para confundir seu coração.

Comentário

Winter Sonata, é um clássico, e um marco na história da dramaturgia televisiva coreana. Este melodrama colocou no mapa mundial a TV sul coreana, e sua prolífica produção de séries, especialmente os dramas românticos. Havia (e ainda há, em parte) uma lacuna na programação televisiva ocidental de dramas voltados ao público feminino mais jovem, que não tem tempo ou paciência para acompanhar os longos e tortuosos enredos das novelas diárias. O formato dos dramas coreanos, ágil e compacto, é perfeito para uma audiência que está sempre em busca de novidades.

Winter Sonata, mais do que na própria Coréia, fez um sucesso absurdo no vizinho Japão. Daí ao drama ficar conhecido no resto da Ásia, foi um passo. Finalmente, com o fortalecimento da internet, Winter Sonata tornou-se referência mundial para qualquer pessoa interessada na cultura pop asiática. Posso falar, por experiência pessoal – foi entrando nos primeiros fóruns de internet que discutiam a cultura pop coreana que tomei conhecimento sobre o sucesso dos dramas coreanos (e japoneses) – e o título que se sobressaia nas conversas era sempre Winter Sonata. E as imagens românticas de um belo casal, em meio a uma paisagem coberta de neve, chamava a atenção e despertada imensa curiosidade sobre o drama. Na época era quase impossível ter acesso a dramas por streaming, e muito menos por download, e foi somente depois de ter assistido muitos dramas mais atuais, que pude matar a curiosidade e ver este clássico. Hoje talvez seja difícil entender por que Winter Sonata causou tanta comoção. Com um enredo ultramelodramático, repleto de clichês do gênero, Winter Sonata pode até não agradar ao público atual, embora ainda se produzam muitos dramas no mesmo formato. No entanto, Winter Sonata consegue preservar o charme e o encanto das grandes estórias de amor, graças a um casal inesquecível, Joo-sang e Yoo-jin.


Bae Yong-joon (como Kang Joon-sang/ Lee Min-hyeong) e Choi Ji-woo (como Jeong Yoo-jin) são como aqueles fenômenos astronômicos que acontecem uma vez a cada século, ou seja, uma coisa rara de se ver. Todo mundo sabe que não basta juntar um casal de atores bonitos e famosos, para que a mágica aconteça... O contrário é o mais provável de acontecer, como estamos cansados de ver. Mais do que a estória de um amor impossível, o que fascina o espectador é ver a aura romântica que envolve este casal. Obviamente, Bae Yong-joon e Choi Ji-woo são grandes atores, mas, com o passar dos anos, nenhum dos dois encontrou outro par tão perfeito, ao menos na ficção.

Quem apreciou melodramas românticos atuais como Missing You, Nice Guy, ou Scent of a Woman, certamente vai gostar de Winter Sonata. Apesar do ritmo mais lento e do excesso de clichês, típicos dos makjang (incesto, amnésia, coma, etc.), o drama tem aquela trama que tende a capturar a atenção do espectador até o último instante de cada episódio. Atualmente, o mais habitual é o roteiro de um drama estar a cargo de um único escritor, mas até pouco tempo atrás, era normal o trabalho em equipe. No caso de Winter Sonata, três roteiristas compartilharam os créditos sobre o roteiro do drama, o que, sinceramente, não parece ter contribuído especialmente para o desenvolvimento da trama. Entretanto, no geral, Kim Eun-hee e Yoon Eun-kyung tem formado uma dupla de sucesso duradouro, com títulos bem conhecidos: Scent of Summer, Little Bride, The Snow Queen, When It´s At Night, My Fair Lady, The Prime Minister and I. Oh Soo-yeon também se especializou em dramas românticos, sendo conhecida por títulos marcantes como Star´s Lover (outra parceria com a atriz Choi Ji-woo), ou o mais recente Love Rain. Contraditoriamente, a direção, na mão de dois veteranos, Yoon Seok-ho (Love Rain) e Lee Hyeong-min (Bad Man) talvez seja o ponto mais fraco desta produção. A direção é burocrática e pouco original e está pontuada por constrangedores ângulos que deixam aparecer os microfones aéreos (fato que acontece não uma, mas incontáveis vezes).

Choi Ji-woo começou a atuar 18 anos atrás (1996), e vem construindo uma carreira de sucesso, tanto comercial quanto de crítica. Choi Ji-woo protagonizou muitos melodramas, como a mocinha frágil e romântica, mas com a maturidade pessoal vieram papéis mais desafiadores. Hoje a atriz é mais conhecida por personagens marcantes e de personalidade forte, como nos dramas Can´t Lose, The Suspicious Housekeeper, ou Temptation. Sua carreira no cinema também é considerável (10 filmes, até 2014), embora não tão regular – seu último trabalho no cinema foi no filme The Actresses, de 2009.

Agora, não seria um exagero afirmar que o verdadeiro sucesso de Winter Sonata é devido ao ator Bae Yong-joon, e ao mito criado em torno de seu nome. O fanatismo gerado por este drama no Japão foi tão grande que gera frutos ao elenco até hoje. De transportar o drama para o formato anime, a endeusar o ator Bae Yong-joon, transformando-o em uma supercelebridade, os japoneses incorporaram o drama como um produto próprio. Paradoxalmente, Winter Sonata parece ter congelado Bae Yong-joon no tempo, já que o ator pouco fez de importante desde então, ao menos como ator. Ele parece ter se contentado em viver dos louros do sucesso como Kang Joon-sang , o grande herói romântico do início do século XXI. É uma pena, ao menos para os fãs, já que Bae Yong-joon é um grande ator, com um carisma pouco visto na geração atual de artistas. Basta ver sua atuação magnífica no filme April Snow, para comprovar os fatos. Aliás, eu preferia vê-lo de volta aos cinemas, do que em dramas – e a esperança é a última que morre, não é mesmo?


O elenco de apoio de Winter Sonata é excelente, e composto por rostos muito conhecidos, como Song Ok Sook (a pianista Kang Mi-hee, mãe de Joon-sang) vista em dezenas de dramas (Brain, Big Man, Fated to Love You), Kim Hae-sook (Hotel King), como a mãe de Yoo-jin, Jeong Dong-hwan (The Heirs), como o pai de Sang-hyeok, Ryoo Seung-soo (Lie To Me), como Kwon Yong-gook, e, finalmente o saudoso Park Yong-ha (On Air), como Kim Sang-hyeok.

O amor de Joong-sang e Yoo-jin é embalado por uma trilha sonora que também ficou para a história - “My Memory”, “From Beginning to End” e “Only You”, todas na voz aveludada do cantor Ryu.

6 comentários:

  1. Anônimo5:51 PM

    Adorei seu blog!!

    Sou novata nesse mundo dos doramas e viciei! Parei de ver todas as minhas séries e estou devorando k-dramas como louca, rs.

    Já está na minha lista!

    Carol.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Carol,
      e seja sempre bem vinda a fazer comentários, ou tirar dúvidas sobre dramas e filmes!

      abraços,
      Sam.

      Excluir
  2. Não consigo gostar de nenhum dorama da série Endless Love, definitivamente não sou muito de melodramas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maryssol,
      na verdade, melodrama não é o meu gênero favorito, mas gosto de assistir os clássicos, e os atuais mais (bem) comentados, até para poder recomendá-los para aqueles que curtem.

      Excluir
  3. estou viciada nesses dramas coreanos sao muito lindos tanto a historia como os atores.Estao de parabens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja muito bem vinda!
      abraços,
      Sam.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...