27 de set de 2012

Sign (Episódio 17)


Recap (spoilers!)

A promotora Jeong Woo-ji consegue um mandado de busca para o apartamento da jovem Kang Seo-yeon, que nesse meio tempo está caminho do aeroporto para deixar o país, escoltada pelo advogado Jang Min-seok.


No apartamento, o Dr. Yoon Ji-hoon encontra a tão buscada almofada azul, que teria sido usada no assassinato do cantor Seo Yoon-hyung.


Enquanto isso, o Dr. Lee Myeong-han ‘aterroriza’ a Dra. Go Da-kyeong. Primeiro ele a ameaça com demissão, processo, etc, por ela ter roubado uma evidência de um crime de dentro do SNF; em seguida tenta chantageá-la oferecendo um transplante cardíaco para sua irmã doente. Da-kyeong fica claramente tentada a aceitar a proposta do diretor do SNF.


continua...
(clique abaixo!)


E no laboratório do instituto forense, todos esperam ansiosamente a chegada da Dra. Da-kyeong, com a evidência (as fibras azuis retiradas da garganta do falecido Seo Yoon-hyung) que será usada para comparar com as fibras da almofada coletada da casa de Kang Seo-yeon. Finalmente Da-kyeong aparece e os testes podem ser realizados.


O Dr. Yoon pergunta por que Da-kyeong demorou tanto a chegar e ela conta que foi procurada pelo Dr. Lee, e que foi muito difícil recusar a oportunidade de salvar sua irmã em troca de entregar a única prova restante do caso Seo Yoon-hyung.


Ela chora de tristeza pelo destino trágico da irmã, e o Dr. Yoon a consola com um abraço apertado.



Entretanto, toda a expectativa é frustrada quando o resultado do teste é negativo, ou seja, as fibras não teriam uma origem em comum. O que eles não sabem é que a prova foi trocada sorrateiramente por um dos funcionários do SNF, a mando do maligno Dr. Lee Myeong-han.


Para animar a promotora Jeong, o detetive Choi a leva para comer um ‘banquete’ de doces. E ele a aconselha a não desistir de lutar contra as injustiças do mundo. Garota de sorte!


Em casa, o Dr. Yoon se recorda de tudo que ele e seus colegas passaram na tentativa de solucionar o caso Seo Yoon-hyung, sem sucesso. Já a Dra. Da-kyeong está mais preocupada em capturar o ‘assassino do martelo’, que continua a solta. Ela fala com o detetive de polícia responsável pelo caso, que a tranquiliza dizendo que eles estão vigiando dia e noite o principal suspeito.


Os dias se passam e Da-kyeong não tem mais notícias do seu querido Dr. Yoon, que renunciou de vez à posição de médico legista no SNF. Finalmente ela descobre que Yoon Ji-hoon está trabalhando como perito forense, e vai ao seu encontro na cena de um crime. Ela o repreende por não atender ao telefone e andar sumido, mas percebe que ele parece mais feliz no novo emprego.



Enquanto isso, a promotora Jeong Woo-ji também está pensando num certo rapaz que anda sumido, quando dá de cara com ele – o detetive Choi. Como sempre, ele não se impressiona com as ameaças da advogada e tenta beijá-la.



Da-kyeong continua vigiando os passos de Lee Ho-jin, o suspeito de ser o ‘assassino do martelo’. Certa noite ela o vê saindo do mercado onde ele trabalha e o segue para flagrar o que parece ser mais um de seus ataques a uma jovem indefesa.


E é o que realmente acontece, outra mulher é vítima do ‘assassino do martelo’. Mais uma vez, o Dr. Yoon, o detetive Choi e Da-kyeong se reúnem na cena de um crime. O Dr. Yoon pede que o detetive Choi fique de olho em Da-kyeong, pois sabe que ela está pessoalmente envolvida com o caso.


O Dr. Yoon resolve investigar por conta própria o suspeito e o encontra em uma lan house. Ele consegue o endereço de uma empresa de games para a qual Lee Ho-jin trabalhou. Na saída da lan house o médico é confrontado por Lee, mas não se deixa intimidar pelo rapaz.

Na empresa produtora de videogames, o Dr. Yoon interroga o ex-chefe de Lee Ho-jin. Este conta que demitiu o jovem por seu comportamento psicótico ao ter um projeto seu rejeitado. Segundo o gerente da empresa, o roteiro do jogo criado por Lee era extremamente violento, até mesmo grotesco.


O Dr. Yoon pede para ver uma cópia do tal roteiro, que tem o título de “City Hunter”. No game o competidor deve eliminar uma vítima, e só após concluir a missão, pode pular para a próxima fase. Como na vida real, a primeira vítima é uma estudante (a irmã de Da-kyeong), a segunda é uma jovem universitária rica, e a terceira é...


... uma professora. Enquanto o Dr. Yoon lê o roteiro do game, vemos a promotora Jeong Woo-ji entrar na loja de conveniência onde trabalha Lee Ho-jin – ela tem a aparência ‘professoral’ descrita no roteiro do game.


Ao sair da loja ela não percebe que está sendo seguida. Seu celular toca e é o detetive Choi que, por coincidência, estava próximo ao local, vigiando o suspeito.


Choi ouve um grito ao telefone e corre para tentar encontrar a promotora Jeong, antes que seja tarde demais...


Legendas em português, cortesia “Tea House and Cinema”
Link: http://bit.ly/1X5aQmm
Link para vídeo (raw) torrent: http://bit.ly/1H4jIAD

Observação importante: "Esse não é um site do tipo 'fansub'. Todas as legendas traduzidas por esse blog foram feitas para consumo pessoal (para encaminhar a amigos e familiares) e são divulgadas aqui como cortesia. Portanto, não serão aceitos pedidos (de títulos de dramas ou filmes), sugestões (de formato de vídeo, etc.) ou reclamações (sobre atrasos, formato de arquivos, etc.). Por favor, peço a sua consideração e respeito, pois muitas horas de lazer e descanso são perdidas na realização dessas traduções.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...