28 de out de 2012

Kekkon Shinai (drama, 2012)


Título em inglês: Wonderful Single Life
Proodução: Fuji TV
Duração: 11 episódios

Direção: Ishii Yusuke, Tanaka Ryo
Roteiro: Yamazaki Takako, Sakaguchi  Riko

Elenco: Kanno Miho, Amami Yuki, Tamaki Hiroshi, Koichi Mantaro, Sakura Mai, Ito Ayumi, Fukuda Ayano, Ishibashi Ryo.

Sinopse

Kekkon Shinai (tradução literal: não se case) discute as dificuldades de se encontrar o par ideal nos tempos atuais. A superficialidade das relações, a valorização da profissão e do trabalho – especialmente pelas mulheres – sobre o casamento, são temas abordados de forma delicada, sem radicalismos, neste belo drama japonês.

Comentário

O elenco, surpreendentemente, reune duas super estrelas do drama nipônico, Kanno Miho e Amami Yuki. Tanaka Chiharu (Kanno) e Kirishima Haruko (Amami) são duas mulheres solteiras que, embora muito diferentes, por força do acaso, acabam desenvolvendo uma bela amizade.


Chiharu tem 35 anos, e além de enfrentar a pressão da família para arrumar um namorado, é a única entre seu grupo de amigas que ainda não se casou. Não é que ela não queira se comprometer, mas parece ser cada vez mais difícil encontrar o homem certo que a faça feliz. Ela leva uma vida simples, trabalhando como funcionária em uma agência de viagens.


Já Haruko, com 44 anos, é uma mulher bem mais pragmática, que decidiu há tempos dedicar-se exclusivamente à profissão, renunciando ao casamento ou qualquer relacionamento sério. Haruko é uma profissional muito bem sucedida, que trabalha para uma grande empresa de paisagismo e venda de flores.


Entre estas duas belas e confusas mulheres surge o artista plástico (e florista) Kudo Junpei (Tamaki Hiroshi), que também foge de qualquer compromisso amoroso, provavelmente por causa de sua falta de estabilidade financeira. Por motivos ainda não explicados (até o episódio 3) ele desistiu da carreira de pintor, para trabalhar como funcionário temporário em uma floricultura. Graças à sua sensibilidade artística, Junpei tem um talento especial com as plantas, além de ser um cara tranquilo e educado.


Mesmo que este drama seja pouco inovador na forma de abordar certos temas, o grande prazer fica em assistir duas grandes atrizes juntas em cena. A sempre jovial Kanno Miho continua a mesma, entra ano sai ano. Eu gostaria de saber qual o segredo de sua eterna juventude (na verdade um dos segredos ela revela durante o drama, preste atenção).
 
 
Amami Yuki também não mudou – seu visual não se alterou muito desde seu papel de chefe de polícia durona em Boss (1 e 2). Não é nada difícil para ela interpretar uma mulher poderosa, com sua altura incrível e seu olhar entre inquiridor e reprovador, que afugenta qualquer homem de pouca fibra.


Já o espetacularmente lindo Tamaki Hiroshi, é a cereja do bolo deste drama. Mais maduro, Hiroshi perdeu aquele ar de garotinho indefeso dos tempos do inesquecível Nodame Cantabile (drama, 2006). Espero que seu personagem tenha mais espaço nos próximos episódios, e que algum romance surja em seu caminho.


Se este fosse um drama coreano, certamente teríamos vários casamentos até o episódio final, mas como se trata de um drama japonês, tudo é possível. E como o título sugere que é possível ser feliz na solteirice, resta esperar se a estória vai pender mais para o realismo ou para o romance puro. Independente do rumo dos personagens, Kekkon Shinai é um drama altamente recomendável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...