1 de mar de 2013

Ohitorisama (drama, 2009)



País de Origem: Japão
Gênero: Comédia, Romance, Drama
Duração: 10 episódios
Produção: TBS TV
Música Tema: Koe wo Kikasete (BIGBANG)

Direção: Ueda Hisashi, Kan Satoshi
Roteiro: Ozaki Masaya, Seki Erika

Elenco: Mizuki Alisa, Koike Teppei, Matsushita Nao, Tachibana Keita, Suzuki Ami, Kitagawa Hiromi.

Resumo
 
O dia-a-dia de Akiyama Satomi, uma jovem professora de escola particular para moças. Levando uma vida confortável, mas solitária, sua dedicação ao trabalho deixa pouco tempo para pensar em casamento. Mas um hóspede inesperado irá fazer a professora repensar suas escolhas pessoais.
 

Comentário
 
Ohitorisama é um drama que fez bastante sucesso quando passou na TV japonesa, há três anos, e não sem motivo. O casal principal parece ter saído de um mangá, pelo contraste cômico que faz, tanto no aspecto físico como emocional. 
 

A princípio parece absurdo que uma professora de 33 anos, madura e responsável, se interesse por um homem dez anos mais jovem, e apenas começando na carreira de educador. Sem contar que ela é um “mulherão” e ele é franzino e baixinho. Mesmo assim, eles acabam formando um par inesquecível.
 

A verdade é que a atriz Mizuki Alisa domina o drama, com um personagem sensível, simpático e verossímil. As situações que envolvem a rotina escolar servem bem para ilustrar o caráter individual dos personagens. 
 

A direção da escola e os colegas de Akiyama ‘sensei’ muitas vezes abusam de sua dedicação, sobrecarregando a jovem com tantas atividades. Como não sabe recusar qualquer pedido de ajuda, ela acaba cumprindo muito mais que seu dever de ensinar história. Akiyama assume as mais variadas tarefas: de treinadora de vôlei a organizadora de eventos sociais da escola, ou ainda, tutora de um novo professor.
 

E é exatamente esta dedicação que irá inspirar o jovem professor Kamisaka Shinichi (Koike Teppei) a seguir a carreira com coragem e determinação. Por não ter conhecido a mãe, que o abandonou na infância, o jovem aprendeu cedo a se virar sozinho. É esta experiência pessoal que ele trará para a relação com a bela professora. Na escola ela é organizada e pontual. Em casa, despreza os deveres “do lar”, não sabe cozinhar e adora gastar o salário em objetos inúteis comprados em catálogos. Kamisaka Shinichi irá mostrar a ela o valor da economia doméstica, já que ele sempre levou uma vida frugal.
 

E é nessas idas e vindas entre a escola e o pequeno apartamento, que o improvável casal irá descobrir as alegrias e frustrações de uma vida a dois.
 
Agora, é preciso ressaltar que Ohitorisama funciona bem como um típico drama japonês. Digamos que amanhã ou depois se fizesse um remake coreano do drama... O que provavelmente mudaria? Acho que o personagem do jovem tutor seria um rapaz mais, digamos assim, másculo. É só lembrar-se de dramas como I Do, I Do, onde a trama é semelhante: uma mulher bem sucedida profissionalmente, que se apaixona por um jovem inexperiente.
 

Sinceramente, quando a professora Akiyama encontra homens espetaculares como os atores que fazem os papéis de ex-noivo e novo interesse romântico, é difícil acreditar que na vida real alguma mulher, em sã consciência, trocaria qualquer um dos dois por um garotinho franzino e imaturo. Mas, como eu havia comentado a princípio, Akiyama Satomi e Kamisaka Shinichi acabam formando um casal muito divertido, embora um tanto bizarro. Ou talvez, mais uma boa dupla do que um casal perfeito. E o amor tem destas coisas, é um sentimento que pode nos surpreender a qualquer momento, não é mesmo?
 

Enfim, Ohitorisama é uma comédia leve e despretenciosa, mas que também nos faz refletir sobre a importância do amor familiar e romântico em nossas vidas.
 
Mizuki Alisa, atriz, cantora, modelo (1976): Answer (TV Asashi, 2012), Hanawake no Yon Shimai (TBS, 2011), Tenshi no Wakemae (NHK, 2010).
 
Koike Teppei, ator, cantor (1986): Naniwa Shonen Tanteidan (TBS, 2012); Propose Kyodai (Fuji TV, 2011); Tetsu no Hone (NHK, 2010).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...