18 de jun de 2012

Arang (filme, 2006)



País: Coréia do Sul
Gênero: Thriller, Policial
Duração: 97 min.

Direção: Ahn Sang-hoon
Roteiro: Ahn Sang-hoon, Jeong Seon-joo, Lee Jeong-seob, Kim Jae-yeon, Sin Yoon-kyeong

Elenco: Song Yoon-ah, Lee Dong-wook, Lee Jong-soo, Kim Hae-in, Jeong Won-joong, Lee Seung-cheol.

Resumo

A veterana detetive de polícia So-young e seu jovem parceiro Hyun-gi investigam um estranho caso de homício, em que o corpo de um homem parece ter sofrido combustão espontânea. Com sua longa experiência, So-young resolve investigar mais a fundo e descobre que o caso está relacionado com o desaparecimento misterioso de uma garota, dez anos atrás. Mais mortes bizarras e os pesadelos de So-young com a garota morta tornam o caso cada vez mais intrigante e assustador.
 


 Comentário

Há apenas 6 anos estreava Arang, mas de alguma forma, certos detalhes visuais do filme já parecem um tanto datados. Não que isso prejudique especialmente a qualidade do filme. Na verdade, o que pode incomodar um pouco – especialmente os fãs de filmes de terror asiático – são aqueles elementos que - hoje em dia - já viraram clichê nos “filmes de fantasma”. Todo mundo já está mais do que familiarizado com o fantasma da mulher pálida de olhos vermelhos e longos cabelos negros (a série Grudge praticamente esgotou o tema). Entretanto, se Arang for assistido agora apenas como um filme policial, a estória funciona muito bem. Você certamente não vai se assustar (talvez até sorria) com as aparições fantasmagóricas – mas duvido que não se surpreenda com a trama policial.






A sempre simpática atriz Song Yoon-ah (mulher do ator Seol Kyeong-gu) interpreta com sensibilidade e maturidade a decidida (e solitária) detetive So-young. Ela tem de suportar, no convívio diário com os colegas policiais, o machismo e a grosseria constantes. Mas ela não se deixa abalar, pois também não é de levar desaforos para casa. O que ela mais odeia é ver uma mulher ser agredida e desrespeitada por um homem.


Ao ter de acolher como novo parceiro o novato Hyun-gi, ela obviamente não fica muito satisfeita mas, graças ao bom caráter dele, logo os dois passam a trabalhar em harmonia.


Este é o primeiro papel no cinema do ator Lee Dong-wook, como o fotógrafo da perícia que vira detetive de polícia. E ele começou muito bem - para um novato - em um papel tão importante, com um personagem que se revela mais complexo do que se imaginava a princípio. E Lee Dong-wook já era lindo e charmoso há seis anos, antes de brilhar com o sucesso do drama Scent of a Woman, em 2011.


Para quem gosta de um bom thriller policial, Arang, se não é uma obra-prima, certamente é uma bela diversão, para assistir-se numa noite chuvosa de inverno. De preferência, acompanhado.

Curiosidades:
- Uma das roteiristas de Arang, Jeong Seon-joo, foi roteirista do filme Lost in Love (2006), em que os atores Song Yoon-ah e Seol Kyeong-gu se conheceram e acabaram se apaixonando também na vida real.

- Ahn Sang-hoon voltou ao gênero do thriller recentemente com o filme Blind (2011), com a atriz Kim Ha-neul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...