23 de mai de 2012

Sign (Episódio 8)


Recap (spoilers!)

O Dr. Yoon Ji-hoon e a Dra. Go Da-kyeong estão em Hiroshima, Japão, para investigar a descoberta de uma ossada antiga, que pode ser de um cidadão coreano. Sem autorização para ver o cadáver, eles resolvem entrar escondidos no laboratório da universidade, mas são pegos em flagrante.


Por sorte, a pessoa responsável pela pesquisa da ossada é uma antiga conhecida do Dr. Yoon, a Dra. Shikano Reiko. Ela garante que irá deixá-los participarem da investigação sobre a ossada misteriosa.


Enquanto isso, na casa de Choi I-han, a promotora Jeong Woo-ji enfrenta uma ‘saia-justa’ ao descobrir que o pai do policial é simplesmente o Chefe da Promotoria Choi, ou seja, o chefe dela. Sem o filho ouvir, o chefe Choi questiona o tipo de relacionamento dela com o filho, e ela sai correndo, magoada com o suposto preconceito do velho.


O Dr. Yoon e Da-kyeong ficam sabendo que a ossada encontrada em Hiroshima deve ser de uma jovem coreana, que morou ali na época da Segunda Guerra Mundial. Eles vão até uma caverna à beira-mar, onde o corpo foi encontrado, para tentar achar mais pistas sobre a identidade desta pessoa.


Em Seul, no Serviço Nacional Forense (SNF), os colegas do Dr. Yoon discutem o caso da autópsia do membro de uma gangue, que foi assassinado a tiros. Joo In-hyuk estranha que um bandido qualquer tivesse uma mira tão precisa a ponto de atirar como somente um soldado de elite o faria.


Os nossos investigadores do SNF, em missão especial no Japão, encontram mais uma pista que os leva ao diretor de uma escola que costumava receber alunos coreanos por volta dos anos 40. Através de uma foto desbotada de um antigo documento, ele reconhece aquela que pode ter sido uma jovem coreana que ele conheceu há muitos anos, naquela mesma escola. Só que ele não consegue lembrar-se do nome dela, ou que destino ela teve.


Para tentar aclarar a mente do velho diretor, eles o levam até a caverna à beira-mar onde ela foi encontrada. Ali, finalmente ele se lembra de tê-la defendido em uma ocasião, da perseguição de colegas que a maltratavam por ela ser portadora de tuberculose (uma doença sem cura na época). Quando o diretor, na época apenas um jovem, foi convocado para ir à guerra, a jovem coreana ia até o penhasco ao lado da caverna, para tentar avistar o navio que traria a salvor de volta. Ali, solitária, ela acabou sucumbindo à doença...


Agora que a promotora Jeong sabe que o detetive Choi é filho de seu chefe, passa a tratá-lo com toda a consideração – e ele se aproveita disso. Juntos, os dois saem a caça de um membro de uma gangue, antigo conhecido do detetive Choi. Capturado, o bandido conta que, embora estivesse envolvido no caso do tiroteio entre gangues, na verdade ele e seu colega são vítimas de uma farsa da polícia e promotoria. E o pior... que o verdadeiro assassino é um soldado do exército norte-americano.


Passeando por um templo, no Japão, o Dr. Yoon tem lembranças agridoces do passado, quando esteve ali com sua noiva na época, a promotora Jeong....


...Sabendo da estória por uma fofoquinha da Dra. Reiko, Da-kyeong aconselha o Dr. Yoon a esquecer-se do passado e seguir em frente, para não se magoar mais.


O detetive de polícia Choi quer investigar a fundo o caso do suposto tiroteio entre gangues, e pressiona a promotora Jeong para que o ajude. Ela fica preocupada com as implicações políticas do caso – e em por em arrisco mais uma vez seu futuro profissional.


Em Hiroshima, o Dr. Yoon e a Dra. Da-kyeong se reúnem com a Dra. Reiko para um jantar de despedida. Eis que aparece uma conhecida da Dra. Reiko, uma jovem coreana que estava estudando ali, mas que também está de volta para a Coréia. Quando a tal jovem se despede e vai embora, Da-kyeong tem um ‘flash’ de memória e a reconhece como a mulher que aparece nos vídeos da cena do crime do cantor Seo Yoon-hyung.


Eles correm pelas ruas atrás dela, mas é tarde demais... a jovem desapareceu. Determinado, o Dr. Yoon promete nunca esquecer-se do caso e continuar a investigá-lo até chegar à verdade sobre a morte de Seo Yoon-hyung.


De volta à Seul, e ao seu posto de médico legista do SNF, o Dr. Yoon faz questão de procurar o diretor do instituto, o Dr. Lee Myeong-han e alertá-lo de que estará de olho em possíveis irregularidades que esse venha a cometer. A briga apenas começou...


Link para legendas PT (uma cortesia “Tea House and Cinema”): http://bit.ly/1X5aQmm
Link para vídeo (raw) torrent: http://bit.ly/1H4jIAD

Observação importante: "Esse não é um site do tipo 'fansub'. Todas as legendas traduzidas por esse blog foram feitas para consumo pessoal (para encaminhar a amigos e familiares) e são divulgadas aqui como cortesia. Portanto, não serão aceitos pedidos (de títulos de dramas ou filmes), sugestões (de formato de vídeo, etc.) ou reclamações (sobre atrasos, formato de arquivos, etc.). Por favor, peço a sua consideração e respeito, pois muitas horas de lazer e descanso são perdidas na realização dessas traduções.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...