22 de out de 2015

Bad Family (drama, 2006)


País: Coréia do Sul
Gênero: Comédia, Romance
Duração: 16 episódios
Produção: SBS TV

Direção: Yoo In-sik, Bae Tae-seop, Kang Sin-hyo
Roteiro: Lee Hee-myung, Han Eun-kyeong

Elenco: Kim Myeong-min, Nam Sang-mi, Park Jin-woo, Hyeon Yeong, Kim Hee-cheol, Im Hyeon-sik, Yeo Woon-kye, Kang Nam-gil, Geum Bo-ra, Lee Young-yoo, Kim Gyoo-cheol, Hyeong Kwan-yu, Yoo Hyeong-kwan.

Resumo

A pequena Na-rim perde toda a família em um acidente de carro e acorda no hospital, sem lembrar-se do ocorrido. O tio da garota contrata uma família de aluguel para cuidar de Na-rim, e tentar recuperar sua memória. Só que a nova família é composta por um bando de desajustados, que se mete em uma infinidade de confusões.

Comentário

Melhor do que a expectativa de um novo drama, é descobrir algum clássico ou cult do passado. O verdadeiro aficionado dos dramas coreanos curte garimpar produções antigas, seja para ver seus ídolos em início de carreira, ou apenas por apreciar boas estórias. Infelizmente, é cada vez mais complicado encontrar dramas passados, seja para baixar ou para ver online. Por isso, foi uma alegria conseguir resgatar está pérola da dramaturgia televisiva que é Bad Family. Pena que demorei tanto para ver este drama, estrelado pelo sempre fantástico Kim Myung-min (Beethoven Virus, A New Leaf, 6 Flying Dragons). Adepto do Método (de Stanislavski), Kim Myung-min costuma construir personagens atendo-se aos mínimos detalhes, do visual, ao perfil psicológico dos mesmos.


E não foi diferente em Bad Family, onde ele encarna um gangster muito diferente: calculadamente caricato, o personagem resulta surpreendentemente cômico. A verdadeira obcessão de Kim Myung-min em interpretar seus personagens com a máxima veracidade possível é bem conhecida, e quase já lhe custou a vida. No filme Closer to Heaven, para interpretar um homem que sofre de uma doença degenerativa incurável, o ator emagreceu tanto que acabou ele mesmo seriamente doente.


Os personagens de Bad Family causam um estranhamento e até mesmo certa aversão, à primeira vista, mas à medida que nos tornamos íntimos destas figuras exóticas, nos apaixonamos totalmente por eles. E é exatamente este o ‘gancho’ do enredo do drama, a desconfiança e inimizade entre a família postiça, que se transforma aos poucos em uma relação tão ou mais profunda que a de irmãos de sangue. 




É claro que o elenco tem uma influência indiscutível no sucesso de Bad Family. Yeo Woon-kye (falecida em 2009) está impagável como a feirante Park Bok-nyeo; Geum Bo-ra (Jang Bo-ri Is Here!), é Eom Ji-sook, com seu ar esnobe, embora não tenha onde cair morta; e Nam Sang-mi (The Joseon Gunman) nunca esteve tão adorável, com seu eterno ar de moleca, no papel da briguenta Kim Yang-ah. Destaque especial para uma atriz que aparece muito pouco em dramas, mas que tem um timing maravilhoso para comédia, Hyeon Yeong (Producers), como a doce Ha Boo-kyeong. Aliás, nunca vi Kim Myeong-min tão à vontade (e divertindo-se a olhos vistos) contracenando com duas atrizes - Hyeon Yeong e Nam Sang-mi quase levam o rapaz à loucura!



No elenco masculino temos o baixinho simpático Im Hyeon-sik (Yuna´s Street), como o professor de dança de salão Jang Hang-goo; o sempre divertido Kang Nam-gil (Super Daddy Yeol), como o atrapalhado Jo Gi-dong; Park Jin-woo (Love From Today), como o mimado Ha Tae-kyeong; e Kim Hee-cheol (Granpas Over Flowers Investigation Team), é o alienado Gong-min.


As crianças roubam a cena!

A trama divertida e muito original de Bad Family foi escrita a quatro mãos por Lee Hee-myung (My Fair Lady, Rooftop Prince,The Girl Who Sees Smells) e Han Eun-kyeong. Os diretores são Yoo In-sik (Giant, Mrs Cop) e Kang Sin-hyo (The Heirs, Midas).


Um empresário e sua a família (mulher, filhos, tios e avós) sofrem um acidente de carro, enquanto passeavam no interior. A única sobrevivente da tragédia é a filha caçula, Na-rim (Lee Yeong-yoo, de The Queen´s Classroom), de apenas 9 anos de idade. O Sr. Byeon (Yoo Hyeong-kwan), o único parente vivo de Na-rim, tenta descobrir a causa do acidente, mas a sobrinha acorda no hospital sem lembrar-se de nada. Preocupado com as consequências do trauma na menina, ele resolve contratar uma família postiça, e assim, tentar resgatar aos poucos sua memória.


Oh Dal-gun (Kim Myung-min) é um gangster que, entre muitos negócios, dirige uma agência que fornece convidados falsos para casamentos e funerais. O Sr. Byeon contrata Oh Dal-gun para recrutar um grupo de pessoas que possam se fazer passar, convincentemente, pela família perdida de Na-rim. A esperança é que Na-rim recupere aos poucos a lembrança da família e das circunstâncias do acidente de carro. Acontece que o Sr. Byeon não sabe que Oh Dal-gun é um capanga que servia a um mafioso de Busan, até ser expulso da gangue. Oh Dal-gun recruta pessoas através de chantagem sobre a cobrança de suas dívidas com agiotas, formando assim, a família falsa que irá conviver com a pequena Na-rim. Embora Na-rim não se lembre das feições dos parentes, obviamente fica desconfiada de sua “nova” família.


Bad Family talvez seja a família mais disfuncional e maluca já vista, mas também é muito divertida e, por incrível que pareça, enternecedora. Bad Family combina romance, comédia e drama familiar na dose certa. Para quem sente falta de roteiros mais ousados e criativos, é uma ótima pedida!

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...