5 de jul de 2012

Woman on the Beach (filme, 2006)


País: Coréia do Sul
Gênero: Drama
Duração: 127 min.

Direção e Roteiro: Hong Sang-soo

Elenco: Kim Seung-woo, Ko Hyeon-jeong, Song Seon-mi, Kim Tae-woo, Jeong Chan, Lee Ki-woo.

Resumo
Um cineasta de nome Joong-rae prepara seu próximo filme, mas é incapaz de finalizar o roteiro do mesmo. Ele implora ao amigo Chang-wook, que vá viajar com ele, mas esse hesita já que tinha outros planos com a namorada, a compositora Moon-sook. Finalmente, Chang-wook leva a namorada junto, e eles viajam para a costa oeste, até a bela praia de Shinduri. Lá, Joong-rae começa a flertar descaradamente com Moon-sook. A garota, uma fã dos filmes do diretor, não esconde seu interesse. Mas ela vai acabar descobrindo que paixão e amor são conceitos muito vagos na mente de Joong-rae.

Comentário
Algum desavisado que não conheça o trabalho do cineasta Hong Sang-soo pode se deixar enganar pelos cartazes de promoção do filme. Por isso é bom avisar, essa não é uma comédia romântica! Se há pitadas de comédia, são ácidas demais para os corações ingênuos. O diretor e roteirista Hong costuma retratar seus personagens masculinos, repetidamente, como figuras emocionalmente fracas, homens que tentam seduzir jovens ingênuas com sua filosofia de botequim e seu status de produtores artísticos.

Antes de ver Woman on the Beach eu já tinha ouvido falar muito do filme, considerado uma obra ‘cult’ do cinema coreano. Do ponto de vista feminino, assistir Woman on the Beach (bem como os demais filmes desse autor) é como ver um filme de ação – ou qualquer desses filmes voltados para o público masculino – é interessante pela curiosidade em (tentar) entender o que se passa na mente deles. As jovenzinhas vão ficar chocadas, as mais experientes vão murmurar “já vi isso, já estive lá”.
Joong-rae (Kim Seung-woo) é um cineasta que desfruta de certa fama, é um homem charmoso, que encanta jovens como Moon-sook (Ko Hyeon-jeong), ou simplesmente atrai mulheres mais velhas como Sun-hee. Mas sua superficialidade emocional e egoísmo apagam qualquer traço de simpatia ou atração que desperte inicialmente. A compositora Moon-sook, por outro lado, não desperta grande empatia no público feminino, por sua ingenuidade e insistência em tentar fazer Joong-rae amá-la a qualquer custo. Fica mais do que óbvio quem vai sair ferido nessa estória.

Sinceramente, da metade para o final do filme (que se beneficiaria muito de uma edição mais enxuta) comecei a ficar incomodada e a me questionar sobre as intenções do diretor Hong. Ele queria mesmo retratar Joong-rae como um idiota memorável? Será Joong-rae um alter-ego do autor do filme? Será que a crueza dos personagens é uma tentativa de se aproximar ao máximo da realidade? É bem provável, e na verdade, é esse o ponto mais positivo – e como os filmes de Hong devem ser encarados. Não como fábulas, mas como recortes da vida real (da vida dele?). O diretor Hong tem um caráter muito hermético, não gosta de falar sobre suas obras, ou sobre o sentido delas. Por entrevistas que li, ele tem um método de criação semelhante ao do diretor chinês Wong Kar Wai (In the Mood for Love), ao não se basear em um roteiro fechado. Ele diz que gosta de se deixar levar pela intuição e o acaso, modificando o roteiro à medida que filma (bom para ele, nem tanto para os atores). Talvez seja por isso que muitos críticos de cinema norte-americanos rotulem seu trabalho como amadorístico, enquanto os franceses sejam apaixonados por ele. Por sinal, Hong teve seu último filme, In Another Country, entre os concorrentes ao Festival Internacional de Cannes. O filme tem no papel principal a atriz francesa Isabelle Ruppert.
Hong Sang-soo, diretor e roteirista (1960): Oki´s Movie (2010), Ha Ha Ha (2009), Tale of Cinema (2005).

Kim Seung-woo, ator (1969): Miss Ripley (drama, 2011), 71-Into the Fire (2009), Athena (drama, 2010).
Ko Hyeon-jeong, atriz (1971): Daemul (drama, 2010), Actresses (2009).

Lee Ki-woo, ator (1981): Flower Boy Ramyen Shop (drama, 2011), Lost and Found (2008).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...