23 de ago de 2016

Review de Dramas Coreanos (1º Semestre, 2016)



Já ultrapassamos a metade do ano e temos uma lista muito interessante de dramas a relembrar. Adiantando a tradicional lista anual, comento os meus dramas favoritos (e os nem tanto) até aqui...

Beautiful Gong Shim (SBS, 20 episódios)

Beautiful Gong Shim será lembrado como o drama que redefiniu a carreira de Namgung Min. Depois de tantos papeis secundários, o ator teve a merecida oportunidade de protagonizar um drama em uma grande rede de TV. O diretor Baek Soo-chan e o roteirista Lee Hee-myeong curtiram tanto trabalhar com Namgung Min no drama The Girl Who Sees Smells (SBS, 2015), onde ele encarnou um chef muito sexy e malévolo, que o convidaram para seu novo projeto. Em Beautiful Gong Shim ele é Ahn Dan-tae, um advogado de pequenas causas, que aluga um quarto no terraço do prédio onde mora uma garota chamada Gong Shim (Minah). 


Embora seja classificado como uma comédia romântica, Beautiful Gong Shim acaba desviando o foco da estória para o passado misterioso de Ahn Dan-tae, e a divertida Gong Shim é convertida em coadjuvante involuntária. Lamentável para quem estava torcendo pelo romance entre este casal tão adorável. Mesmo assim, é um drama a ser desfrutado sem muitas preocupações, com destaque para a surpreendente veia cômica de Namgung Min. A partir de agora, exigimos que venham apenas personagens encantadores na carreira deste belo ator...

Entertainer (SBS, 18 episódios)

O que era para ter sido um drama musical leve, voltado ao público adolescente, revelou-se um melodrama pesado, que decepcionou a todos que acompanharam todos os seus infindáveis 18 episódios. A SBS, tão poderosa, acerta e erra quase sempre na mesma proporção, o que prova que nem sempre um alto orçamento é sinônimo de qualidade. O principal problema do drama está no roteiro fraco, a cargo de Yoo Young-a. A escritora tem larga experiência no cinema (Like for Likes, My Paparotti), o que pode, em parte, explicar seus erros básicos no desenvolvimento do roteiro de um drama. 


Mas o que também incomoda muito é a debilidade do elenco jovem (especialmente decepcionantes Hyeri e Kang Min-hyeok), nem tão inexperiente, mas pouco focado (talvez por culpa do diretor). Sobrou para Ji Seong levar o drama nas costas, impedindo o fiasco completo, com uma atuação impecável, que, vergonhosamente, destoava do marasmo geral de Entertainer. Esquecível.

Neighborhood Lawyer Jo Deul (KBS2, 20 episódios)

Esta temporada não foi rica em dramas legais, mas Neighborhood Lawyer Jo Deul, inspirado em um webtoon, foi uma bela surpresa. Não que a estória de um promotor que dá a volta por cima, após ser traído e ir parar literalmente na sarjeta, seja das mais originais. Mas o humor leve e o clima otimista e enaltecedor fazem de Neighborhood Lawyer Jo Deul um dos melhores dramas da temporada. 


A estrela absoluta é Park Shin-yang, no papel do personagem que dá nome ao drama. A interpretação exuberante e ao mesmo tempo desprendida do ator é admirável e enternecedora. Gostei muito de ver mais da faceta cômica de Park Shin-yang, ainda que ele não perca uma grama de charme, mesmo nas situações mais embaraçosas. Um elenco de apoio tão simpático - Kang So-ra, Ryu Soo-Young, Park Won-sang – ajudou muito a fazer deste um dos dramas de maior audiência da temporada.

Doctors (SBS, 20 episódios)

A ponto de encerrar seus trabalhos, aquele que deveria ter sido o drama médico do ano, é, sinceramente, uma decepção. O clima morno entre o casal de protagonistas, Park Shin-hye e Kim Rae-won, e uma trama carente de grandes eventos fazem de Doctors um drama tão nutritivo quanto um algodão doce. Tudo bem que o elenco é encantador, e a produção é impecável, mas a ausência de reviravoltas leva o espectador a um estado catatônico irreversível. 


Um bom drama para aqueles dias que dá vontade de fugir da realidade e apenas curtir lindas neurocirurgiãs circulando pelo hospital, vestindo figurinos deliciosamente absurdos para o ambiente. Só preciso dizer que amo o sorriso de Kim Rae-won, mesmo que ele pareça estar de férias neste drama. E vale prestar atenção em Baek Seong-hyeon, um jovem ator que tem muito futuro!

Wanted (SBS, 16 episódios)

Talvez tenha sido por culpa do drama policial Signal (tvN, 2016), uma produção tão incrível, que fiquei mais exigente com o gênero... O fato é que eu esperava mais de Wanted, um drama que possuía um potencial que, infelizmente, nunca chegou a alcançar. Fiquei muito frustrada vendo Wanted, porque acho que o elenco se esforçou o bastante, embora não tenha conseguido transmitir as emoções necessárias aos personagens. Particularmente, gosto muito da atriz Kim A-joong, que apesar de ser tão bonita, não procura papeis fáceis ou convencionais. Ela esteve fantástica em Sign, e no mais recente Punch... Mas ela parece ter exaurido suas forças no papel da sofrida Jeong Hye-in, uma atriz de sucesso que luta para encontrar o filho sequestrado. 


Também gostei de Ji Hyeon-woo, como o detetive de policia Cha Seung-in, talvez o personagem mais sensível da trama. O maior desperdício, achei, foi a participação de Eom Tae-woong, como o ambicioso produtor de TV Sin Dong-wook. Até agora não entendi o motivo de ele aceitar o papel, ou de escolherem um ator tão bacana para um papel tão insípido. Como gosto muito do gênero suspense, policial, me diverti moderadamente com Wanted, mas fica difícil não reconhecer que os defeitos superam as qualidades desta grande produção. Em comparação, o drama Pied Piper é muito mais satisfatório, e tem uma trama muito similar. Fica a dica!

Mirror of the Witch (jTBC, 20 episódios)

Desde Arang and the Magistrate que não surgia um drama épico de fantasia tão perfeito! Mirror of the Witch pode servir de parâmetro para qualquer roteirista e diretor que queiram produzir um drama de qualidade no gênero.

A única pequena falta do drama foi a perda de ritmo com o prolongamento excessivo da estória (a redução para 16 episódios teria sido o ideal). Apesar da reticência de alguns com a diferença de idade entre o casal protagonista, Kim Sae-ron e Yoon Shi-yoon formam um par romântico encantador! Com uma fotografia etérea, e uma trilha musical que dá o tom perfeito à magia e o romance, Mirror of the Witch é um prazer visual constante para o espectador. A mitologia do drama é muito bem criada, incluindo uma das vilãs mais intrigantes e carismáticas dos últimos tempos, a feiticeira Hong-joo (a belíssima atriz de cinema Yeom Jeong-ah). Aliás, a relação tempestuosa e passional entre os bruxos poderosos Yeom Jeong-ah e Lee Seong-jae é um dos pontos altos do drama. Para quem gosta de épicos, fantasia, e belas estórias de amor, Mirror of the Witch é imperdível!

Let´s Fight Ghost (tvN, 16 episódios)

Seguindo no gênero fantasia, mas agora contemporânea, no clima dos webtoons, a tvN apresenta Let´s Fight Ghost, o drama mais divertido da temporada! Dirigido por Park Joon-hwa, conhecido pelos dramas Let´s Eat, e Let´s Eat 2, Let´s Fight Ghost tem um ritmo que mistura o humor de Scooby Doo, com as batalhas contra as forças ocultas (e o romance sobrenatural) de Buffy, a caça-vampiros. 


A atriz Kim So-hyeon, com sua beleza natural e energia juvenil é a combinação perfeita para o eterno garotão Taecyeon. Nada mais divertido que o romance entre um caçador de espíritos malignos e uma fantasminha camarada... Fofo à décima potência! E só para quebrar o clima sombrio, uma dupla de patetas, Kang Ki-yeong e David Lee, para completar a turma scooby. Prêmio especial para o olhar maléfico de Kwon Yool, que nasceu para interpretar o professor Joo Hye-seong.

38 Task Force (OCN, 16 episódios)

O canal de TV a cabo OCN dá preferência aos dramas policiais e de suspense, mas suas produções ainda devem um pouco em termos de qualidade, ao menos se comparadas às grandes redes, como SBS, MBC, ou até mesmo a tvN. Special Affairs Team Ten, e o mais recente Bad Guys, são exemplos de ótimos dramas veiculados pela OCN, e 38 Task Force foi tão bem aceito que até gerou um movimento da audiência pedindo uma continuação... Não deixa de ser surpreendente que um drama que tem como cenário o escritório de cobrança de impostos de uma prefeitura, tenha feito tanto sucesso. 38 Task Force (ou 38 Revenue Collection Unit) é uma combinação feliz de estória original, e elenco tão simpático quanto inusitado.


Quem imaginaria ver o fortão Ma Dong-seok no papel de um funcionário público reservado, pacífico pai de família, especialmente depois de ele interpretar um assassino perigoso em Bad Guys (quem não amou a surpresa na última cena de 38 Task Force?). Seo In-guk então, está perfeito no papel do estelionatário charmoso Jeong-do – mesmo sem cenas de nudez, ou romance, provocou muitos suspiros no público feminino. 38 Task Force será o drama cult do ano? É provável!

Beautiful Mind (KBS, 14 episódios)

Um drama subestimado pelo grande público, e sabotado pela KBS TV, Beautiful Mind não merecia o destino que teve, ao menos na visão de alguns poucos espectadores. Nada sensibilizou a gananciosa KBS, nem as críticas positivas, nem os admiradores do talentoso ator Jang Hyeok, e o corte imesperado e temido de dois episódios do drama foi inevitável. A roteirista Kim Tae-hee (Sungkyunkwan Scandal) fez um belo trabalho, contando a estória tocante de Lee Yeong-oh (Jang Hyeok), um cirurgião brilhante, mas emocionalmente descapacitado... A policial Gye Jin-seong (Park So-dam) é a mulher que transforma a vida solitária do médico genial. 



O drama tem grandes atores, como Heo Joon-ho (como o pai de Yeong-oh), e Yoon Hyeon-min (cardiologista), mas é Jang Hyeok que protagoniza um dos melhores papeis de sua carreira. Não há adjetivos o bastante para enaltecer a atuação espetacular de Jang Hyeok em Beautiful Mind. Um drama essencial.

12 comentários:

  1. Como sempre analise fantástica das séries! Parabéns pelo melhor blog de doramas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada a você pela gentileza!
      abraços,
      Sam.

      Excluir
  2. Oi, Sam! Bom, minha opinião sobre os que vi/larguei pelo caminho:

    Beautiful Gong Shim - Olha, não tinha pensado nisso, mas concordo ctg: a Gong Shim na reta final acabou ofuscada mesmo pelo "segredo" (que já não era mais segredo há mtos eps, enfim) do Dan Tae. E que reta final mais cheia de clichê, hein! Nossa, uma pena que o drama se perdeu. Culpo a quantidade de eps, se tivesse terminado em 14 seria ótimo! Mas, num balanço geral, foi um drama agradável, com uma química deliciosa entre os 2 protagonistas, um show de atuação do GoongMin e cenas bem fofas da Gong Shim com sua peruca :)

    Entertainer - concordo com tudo! E que uma amiga não me leia! hahah esse foi um dos que larguei pelo caminho. Achei um dos piores casais que já vi, sem química ALGUMA. E não quero culpar a atriz, que gostei tanto em Reply. Então, culpo a personagem, que mais pareceu uma criança mimada (e chata) no corpo de uma "adulta". A cena dela chorando no carro porque o Ji Sung gritou com ela, logo no começo do drama, beirou o ridículo. Se a intenção era tornar cômico, não funcionou - mesmo! - comigo. Dos meninos, não tenho o que reclamar, nem da atuação nem dos personagens. Achei simpáticos. A trama que não me agradou mesmo, achei um enredo fraquinho. Uma pena :/

    Doctors - Nos 2 primeiros eps: surto e mais surto! Fui apresentada a uma Park Shin Hye mais "viva", mais madura, e a um Rae Won sedutor até o fio do cabelo. Como gostei desses eps iniciais! Mas daí veio o 4o.. e me peguei jogando Candy Crush no celular. Ou seja, captei o sinal de que aquele drama, pra MIM, morria ali. E assim larguei, sem dó ou ressentimento. Tenho certeza que Rae Won me presenteará com algum drama melhor em breve :D

    Wanted - Também droppei hahah e pelo que vc falou: pra mim, faltou emoção de vários personagens, em especial da mãe. Não questiono a atriz, porque ela fez e agiu conforme o script. Mas não me vi sofrendo junto com ela. Pra você ter uma ideia, eu sofri mais com o teaser do que com os 4 eps que vi. Mas esse foi aquele que mesmo eu tenho largado, fiquei curiosa e pedi um resumo do desfecho final. Achei interessante, mas não a ponto de retomar. Ah, outra coisa que não me convenceu: o programa ~de realidade sobre o ~sequestro de uma criança, que é transmitido ~mundialmente e não me tem uma autoridade intervindo? Bom, até onde vi, pelo menos. Achei um furo daqueles e por isso não me convenceu a continuar.

    Let's Fight Ghost - divertido, assustador (sim, sim, Sam. Eu de verdade me assusto!), elenco simpático e casal fofo. Tô gostando, mas nada de extraordinário comigo. Meus destaques: a duplinha de patetas <3 e o ator Kwon Yool, que tá fazendo com maestria esse vilão demoníaco!

    Beautiful Mind - Aah, ainda triste com esse drama. Não merecia de jeito nenhum ter sido cortado em 2 eps! :( Não sei se vc lembra, eu estava até otimista com a redução, mas ao final do 14, desejei um algo a mais. Fiquei deprimida por ter acabado e por não ter superado minhas expectativas :( MAS, foi um drama belíssimo, uma das melhores construções de casal, ótimas atuações. E preciso elogiar os casos dos pacientes, em especial os dos eps 11 e 12. Realmente me emocionaram, acho que mais com o desfecho final dos protagonistas. Foi um daqueles dramas que deu saudades antes mesmo do fim..

    É isso :) Vamos ver como o 2o semestre vai se sair. Há grandes promessas - uma já quase a caminho do ralo, não? hahah :)

    AnônimA :)
    (Regina Phalange :P)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (ex) AnônimA :)

      mais uma vez, obrigada por compartilhar seus pensamentos sobre os dramas - sempre me divirto lendo seus comentários, viu?!

      Sabe que houveram muitos dramas que eu gostaria de ter largado pelo caminho, só o dever de criticar com justiça me levou até o fim. Mas é duro acompanhar dramas tão esteticamente perfeitos como Doctors - não dá nem para ridicularizar ou fazer piadas com os personagens. Eu gostei do elenco, mas a estória é tão árida, que desperdício!

      Sobre Beautiful Mind, não tinha como fazer um final perfeito naquelas condições, mas acho que a roteirista fez milagres, diante das circunstâncias. Ainda não superei a ira contra a KBS.

      E estou um pouco preocupada com este 2o semestre, não vi nada de muito animador no horizonte... Acho que vai sobrar tempo para colocar a filmoteca em dia, e os dramas japoneses...

      bjs,
      Sam.

      Excluir
  3. Beautiful mind Jang Hyeok sempre maravilhoso só a atriz não me convenceu, sei lá, em varias cenas me vi imaginando a Jang Nara no papel, é fã total da Jang Nara e louca para ter outro drama com a dupla JangJang.
    Assistindo ainda 38 Task e torcendo pela equipe.
    Pelo jeito vou correr de Enterteiner, Wanted não me despertou curiosidade.
    Beautiful Gong Shim realmente Nan Go min muito bom este papel para a gente poder torcer por ele sem culpa e a Minah com a peruca muito fofa mesmo; e Let's fight Ghost awn casal lindinho, ia esperar ser finalizado na Coréia para depois assistir ,mas não resisti to seguindo semanalmente.Agora Doctors não penso nem em assitir;Mirror of the Witch gostei dos primeiros episódios, o Yoon Shi yoon um encanto, mas achei um pouco longo 16 episódios seriam o suficiente.
    Esperando agora os do 2° semstre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lika,

      obrigada por seus comentários!

      pois a Park So-dam é meio novinha mesmo para o Jang Hyeok, mesmo assim, a química entre os dois foi boa, sem constrangimentos, como em Entertainer.

      E Mirror vale muito a pena, apesar de ter se prolongado, eu assisti sem pressa e gostei muito.

      vamos ver o que o segundo semestre nos reserva!

      Excluir
  4. Dessa lista, até agora só acompanhei Wanted. Um coisa que na minha opinião, careceu em Wanted foi emoção da mãe que teve seu filho raptado. Não sei, adoro a atriz e realmente ela é ótima mas não sei se o papel combinou com ela.

    Outra coisa um pouquinho chata foi o final. Não que o final tenha sido ruim, mas eu particularmente fico mais satisfeita quando todos os principais personagens tem o seu "final". E eu senti falta disso. Só sequestrador sendo julgado, da mae ter ido finalmente para a frança com o filho, os policiais com a sua sensação de dever cumprido, os produtores e assistente.

    Acho que se tivesse mais um episodio seria legal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luppi, desta lista, se preferes os dramas de suspense, ação, recomendo em especial 38 Task Force que achei sensacional!

      Quanto a Wanted, tens razão sobre o final meio frustrante, mas acho que ninguém suportaria (nem o elenco) mais episódios, sendo que sobrou tempo para terem desenvolvido melhor os personagens. Acho que faltou alma, coração mesmo, à produção.

      bjs,
      Sam.

      Excluir
  5. Você vai acompanhar Jealousy incarnate? Assisti os dois primeiros episódios e minha primeira impressão foi muito boa. Preciso um outros drama pra preencher o vazio de Another Miss Oh. HAHAHAH

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Luppi, acho que ainda não encontrei o drama perfeito para preencher minha dose de romantismo deixada por Another Miss Oh. Já vi o primeiro ep. de Jealousy, e confesso que fiquei meio decepcionada. Achei que ia ser mais sério, menos fantasioso. Mas amo o elenco, e vou seguir vendo e torcer para que o drama me fisgue!

      Excluir
    2. Você já viu Age of Youth? São só 12 eps (mas tds na esperança de continuação!), maravilhosos! Não é um drama romântico, mas há romancinhos muito dos fofinhos. AOHY ainda é meu predileto desse ano, mas AoY veio pra roubar a vice-liderança. É aquele drama que aquece mesmo teu ♡ - bom, aqueceu o meu e das outras amiguinha dorameiras q tbm viram. Fica a sugestão ^^

      E dos novos, tô gostando MUITO de Moonlight Drawn By the Clouds. É esse o nome mesmo? Não sei, o chamo de drama do Bogum. Tá mto bom, tem pitadas de bom humor, personagens simpáticos e carismáticos, sem falar no BoGum desfilando sua beleza e seu sorriso maravilhosos! :D É outra boa sugestão que posso dar ;)

      Sam, está vendo ese último que disse? E o novo do HaNeul? Vi o ep1 ontem e ainda acho cedo pra dizer que vai ser ótimo. Mas, já digo isso: o HaNeul, nossa, está no seu melhor momento como homem. :x E com essa, me despeço, porque ando bem ~sem~ vergonha quando o assunto é essa criatura. Hê.

      Excluir
    3. O A of Y, vi o ep 1 e deixei em pause para ver mais adiante. Muita gente me recomendou o drama, gostei do tema, mas o meu problema foi com o elenco, é gosto pessoal mesmo, mas não curto algumas das atrizes, acho bem fracas.

      Os dois épicos de fantasia quero ver, mais uma vez, gosto muito do elenco masculino, mas a IU, p.ex., acho terrível (no nível da Susy), embora seja tão lindinha. Seria mais divertido se uma atriz mais experiente e não tão bonita fosse cortejada pelos bofes de Moon Lovers. E deixo tu ficares com o Ha-neul e fico com o Jeon-ki, ok?

      bjs,
      Sam.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...