11 de set de 2016

Pan to Soup to Neko Biyori (drama, 2013)




País: Japão
Gênero: Drama
Duração: 4 episódios
Produção: WOWOW

Direção: Matsumoto Kana
Roteiro: Mure Yoko

Elenco: Kobayashi Satomi, Kana, Mitsuishi Ken, Shiomi Sansei, Minami, Kase Ryo, Motai Masako, Kishi Keiko, Ichikawa Miwako.

Resumo

Akiko é uma editora de livros, que mora com a mãe, dona de um pequeno restaurante. Com a morte súbita da mãe, Akiko, que sempre gostou de cozinhar, abre um restaurante especializado em pães e sopas.

Comentário

Ver o drama Pan to Soup to Neko Biyori (Bread and Soup and Cat and Weather) é como fazer uma pausa para um chá, tranquilizante e acolhedor. Os japoneses tem esta capacidade única de simular os eventos mais ordinários da vida, de forma envolvente e empática.

A estória de Pan to Soup to Neko Biyori não poderia ser mais simples, e os sentimentos de seus personagens mais humanos. Como espectadores, nos sentimos como os vizinhos de Akiko (uma fantástica Kobayashi Satomi), que a observam com interesse, e preocupação genuína, mas sem julgamentos prévios.


Nada é tão complicado, mas nem tão simples na vida de Akiko, ou dos amigos que a rodeiam. Akiko parece conformada com a ausência da mãe, mas percebemos suas tentativas de bloquear a solidão, como quando adota um gato que surge à sua porta... Ou quando hesita em desfazer-se do restaurante da mãe, mesmo não guardando lembranças especialmente felizes do lugar. Finalmente, com os problemas financeiros na editora, e o apelo dos amigos da mãe, Yamada (Mitsuishi Ken, de Siren, Lady Joker) e Suda (Shiomi Sansei, de BOSS), para que não feche o restaurante, ela resolver que é hora de tentar uma nova carreira. Assim, Akiko reforma o velho restaurante da mãe, e abre uma lanchonete especialidade em sopas e sanduíches.



Akiko contrata uma jovem chamada Shima para ajudar no restaurante. Shima (Kana, de Toku de Zutto Soba ni Iru) e uma garota alta, de porte atlético, mas muito tranquila e com um humor peculiar e maduro que agrada muito à nova chefe. Juntas, elas formam uma dupla improvável, mas muito entrosada.



O antigo público da mãe desaparece, mas surge um novo, composto essencialmente de jovens, e casais com filhos pequenos. A dona da cafeteria vizinha, Mama (Motai Masako, de I Just Didn´t Do It), gosta de implicar com Akiko, mas seu ar rabugento esconde uma alma calorosa, igual à dos demais vizinhos, Suda (dono de uma floricultura) e Yamada (proprietário de um mercadinho). A jovem Yuki (Minami, de Indigo no Koibito), que trabalha na cafeteria, também fica feliz com a presença de Akiko e Shima, apesar do olhar reprovador de Mama.



O único contato de Akiko do antigo trabalho vem da correspondência trocada com ‘Sensei’ Yamaguchi, escritora de livros de culinária que a incentivou a trilhar a nova carreira. Mas uma surpresa aguarda Akiko, com a visita de uma velha amiga de sua mãe, e que traz revelações surpreendentes sobre o passado da família. Segundo esta senhora, Akiko teria um meio-irmão, um monje chamado Fukusako (o carismático ator Kase Ryo, de Arifureta Kiseki, SPEC).



E é assim, entre pratos deliciosos preparados por Akiko, e seus passeios pela vizinhança tranquilamente provinciana, que os episódios desta bela estória passam, deixando uma lembrança e uma nostalgia agradável no espectador. Momentos preciosos estes passados na companhia dos personagens de Pan to Soup to Neko Biyori.


2 comentários:

  1. Muito bacana encontrar esse dorama por aqui. Na época em que assisti me trouxe uma calmaria/paz que não sei explicar ao certo. Muito agradável mesmo a história. Ótima resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tatiane,

      realmente, este drama funciona como uma ótima terapia antiestresse!

      obrigada pelo comentário,
      abraços,
      Sam.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...