10 de mai de 2016

Pied Piper (drama, 2016)


País: Coréia do Sul
Gênero: Thriller, Drama
Duração: 16 episódios
Produção: tvN

Direção: Kim Hong-Seon
Roteiro: Ryoo Yong-Jae

Elenco: Shin Ha-gyoon, Jo Yoon-hee, Yoo Joon-sang.

Resumo

Joo Seong-chan é um negociador profissional, que se torna consultor do esquadrão de negociação da polícia de Seul. Junto da agente Yeo Myeong-ha e do repórter Yoon Hee-seong ele irá tentar capturar um perigoso terrorista conhecido como “Pied Piper”.

Comentário

Quem costuma ler minhas críticas de dramas sabe o quanto admiro as produções do canal tvN. Mas é claro que não sou uma fã solitária, pois a tvN agrada tanto à crítica especializada, quanto ao público. Só que os índices de audiência da tvN, bem como de outras redes de TV à cabo coreanas, raramente passa de um dígito, ao contrário das grandes redes, como SBS, KBS. ou MBC. E com a oferta enorme de programas da TV aberta, a concorrência é, muitas vezes, francamente desleal. Bem, toda esta introdução é só para dizer que este belíssimo drama, Pied Piper, teve uma audiência local decepcionante, apesar da qualidade inegável da produção.

Para começar, temos o PD Kim Hong-seon e o roteirista Ryoo Yong-Jae, que colheram muitos elogios com o drama Liar Game (tvN, 2014). Ryoo Yong-Jae fez um trabalho impecável ao adaptar o roteiro original do drama japonês. Ele ficou conhecido com Time Between Dog and Wolf (MBC, 2007), estrelado por Lee Joon-ki, que recentemente o chamou às pressas para dar um ‘up’ no roteiro de Scholar Who Walks the Night, mas infelizmente, era tarde demais para reverter o desastre.

Não faço ideia de quanto a tvN investe na produção de seus dramas, mas o resultado não fica devendo nada à redes poderosas como SBS, ou MBC. Pied Piper tem um elenco grande e de alto nível, que inclui atores de cinema como Shin Ha-gyoon (The Front Line), Yoo Joon-sang (The Target) e o veterano Kim Hong-pa (Inside Man). Também gostei muito da trilha sonora do drama, não apenas as belas canções, mas especialmente sua poderosa trilha incidental.

No primeiro episódio somos introduzidos ao protagonista da trama, Joo Seong-chan (Shin Ha-gyoon), um negociador profissional, que usa todo sua habilidade de comunicação para resolver os mais variados conflitos, e cobrando muito caro por seus serviços exclusivos. Seu principal cliente é Seo Geon-il (Jeon Gook-hwan, de Goodbye Mr Black), um empresário poderoso e igualmente inescrupuloso. Quando um grupo de funcionários de Seo Geon-il é sequestrado nas Filipinas, ele envia Joo Seong-chan para negociar com os captores. Seong-chan não consegue evitar que um dos empregados seja morto, e na volta à Seul, é pressionado pelo empresário a esconder as circunstâncias falhas da negociação. Finalmente, um evento trágico pessoal fará com que Seong-chan revele a verdade ao repórter Yoon Hee-seong (Yoo Joon-sang, de Heard It Through the Grapevine, Unexpected You) sobre o sequestro das Filipinas. Seong-chan cai em desgraça e resolve se isolar do mundo, circulando sem rumo por Seul, usando seu carro como moradia.

 
Enquanto isso, Yeo Myeong-ha (Jo Yoon-hee, de Nine: Nine Time Travels), segue os passos de seu tutor e mestre, Oh Jeong-hak (Seong Dong-il, de Answer Me 1988), no esquadrão de negociação da polícia de Seul. A pequena equipe, formada pela inexperiente Myeong-ha, e pelos sargentos Choi Seong-beom (Oh Eui-sik, de Oh My Ghostess) e Jo Jae-hee (Jang Seong-beom, de Healer) fica ‘escondida’ no porão da central de polícia. O alto comando não acredita na utilidade do esquadrão, e faz de tudo para desacreditar o grupo. A chegada do novo líder, Gong Ji-man (Yoo Seung-mok, de Cheo Yong), um policial sem experiência alguma em negociação, só serve para baixar a moral da equipe.

No entanto, uma série de crimes violentos envolvendo um terrorista misterioso, conhecido apenas como Pied Piper (Flautista) impulsiona o trabalho do esquadrão especial. O problema é que a falta de experiência do grupo é exposta, especialmente com o interesse da mídia e do público sobre os eventos terroristas. A solução é buscar um especialista para liderar o grupo, e este homem só pode ser Joo Seong-chan. E esta é a oportunidade perfeita para Seong-chan redimir-se de seus erros do passado, e capturar aquele que considera um inimigo pessoal, Pied Piper.


Shin Ha-gyoon já encarnou muitos personagens diferentes no cinema – heroicos, cômicos, malvados – todos com a mesma habilidade. Mas os personagens geniais, egocêntricos, workaholics, como Joo Seong-chan, ou o inesquecível cirurgião Lee Kang-Hoon, do drama Brain, lhe caem como uma luva. Simplesmente adoro a forma direta e energética com que ele encara seus personagens, e não é diferente com Joo Seong-chan.


Por outro lado, minha opinião sobre a atriz Jo Yoon-hee é ambivalente, mas admito que acabei gostando de sua atuação em Pied Piper. Cheguei à conclusão de que ela convence mais em papeis fortes, como este da policial Yeo Myeong-ha, ou da moleca Bang Yi-Sook, em Unexpected You (KBS2, 2012). Já suas participações em dramas como Lie To Me, ou The Producers, não são nada memoráveis.


Yoo Joon-sang (Ha Ha Ha) foi a escolha certa para contrapor a atuação ‘extravagante’ de Shin Ha-gyoon. Com sua voz grave e macia, e seu aspecto confiável, Yoo Joon-sang assume com tranquilidade o papel do repórter e âncora de noticiário Yoon Hee-seong.

Sempre é um prazer ver os atores veteranos darem um show de interpretação nos dramas coreanos... Jeon Gook-hwan, apesar de seu aspecto franzino, sempre mete medo, com seu olhar de águia (e eu quase tive uma overdose de maldade, com sua participação paralela em Goodbye Mr Black). Ainda temos Park Seong-geun (Mrs. Cop) como o diretor de TV Kang Hong-seok, e o fantástico ator de cinema Kim Hong-pa (Inside Man), como o congressista Jeong Tae-soo.

Graças aos deuses pude apagar a lembrança do detestável personagem encarnado por Jo Jae-yoon em Descendants of the Sun, com o divertido líder do esquadrão SWAT Han Ji-hoon. E, melhor ainda, é ver a simpática Lee Jeong-eun (Oh My Ghostess) como a policial Oh Ha-na, esposa de Han Ji-hoon.

Mas não basta um elenco espetacular, sem um bom roteiro. E Pied Piper tem um enredo sólido, que se desenvolve sem hesitações ou desvios, até sua conclusão impactante, quase apoteótica. Um drama recomendado para os espectadores viciados em adrenalina!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...