14 de ago de 2012

Sign (Episódio 14)


Recap (spoilers!)

O Episódio 14 começa com os investigadores do SNF, o Dr. Yoon Ji-hoon e sua assistente, a Dra. Go Da-kyeong procurando pelo cadáver desaparecido de um homem, em uma pequena vila no interior.


continua... clique abaixo!

Da-kyeong segue para o interior da casa, enquanto o Dr. Yoon verifica os arredores. De repente ele ouve um grito, e corre para dentro. Da-kyeong encontra o corpo do idoso morto escondido dentro de um guarda-roupas. O Dr. Yoon reconhece o morto como sendo o Sr. Kim, o proprietário da pousada.


O detetive Choi I-han volta ao presídio feminino nos arredores de Seul para interrogar novamente a jovem Lee Soo-jung, sobre o assassinato do músico Seo Yoon-hyung. Infelizmente, ele chega tarde demais, pois a garota é encontrada morta no chuveiro.


Subitamente o Dr Yoon e Da-kyeong são encurralados pelos moradores da aldeia, e não tem para onde fugir. O mais velho deles avisa ameaçadoramente que tudo que eles querem é que ninguém interfira em sua vida tranquila.


No presídio, um médico faz um exame preliminar no corpo de Lee Soo-jung e conclui que se tratou de uma morte acidental. O policial Choi comenta com a promotora Jeong Woo-ji de que o incidente parece ser coincidência demais. A presa havia reclamado que estava recebendo ameaças e, após a visita de Kang Seo-yeon, de repente ela morre. Choi se lembra de ter visto uma presidiária sair dos chuveiros pouco antes de Soo-jung ser encontrada morta, e decide investigar quem é essa pessoa. Enquanto isso, a promotora Jeong Woo-ji vai pedir ao Dr. Yoon que realize a autópsia de Soo-jung.


De volta à aldeia, os pobres habitantes do local contam uma triste estória aos médicos legistas do SNF. Um dos idosos iria assumir a identidade do falecido – que morreu de forma natural - para poder fazer uso de seu seguro de vida e assim ajudar no sustento dos moradores, incluindo os netos. Eles imploram para que o casal não revele a farsa a ninguém.


O Dr.Yoon, muito observador, nota que os moradores apresentam certos sintomas visíveis (descamação da pele, perda de cabelo) de possível contaminação por metal pesado. A Dra. Da-kyeong concorda com o diagnóstico e presume que seja uma contaminação por tálio. Os moradores confirmam que antigamente havia uma fábrica perto do reservatório de água local. O Dr. Yoon avisa que eles correm risco de vida se não fizerem tratamento médico imediatamente e, portanto, terão de revelar a verdade sobre o morador falecido. Eles aceitam o conselho e uma equipe de saúde do governo é chamada para o atendimento de emergência.


Da-kyeong cumprimenta o Dr. Yoon por ele ter salvado a vida de tantas pessoas. Mais uma vez ela implora que ele volte ao trabalho, e ele diz que voltará apenas para solucionar o caso Seo Yoon-hyung.

E a promotora Jeong Woo-ji chega para quebrar o clima e dar a má notícia sobre a morte de Lee Soo-jung.


Finalmente o detetive Choi encontra a única testemunha da morte de Soo-jung. Ela conta que encontrou a vítima desacordada e não viu mais ninguém por perto. Entretanto, ela revela que Soo-jung era sua confidente dentro da prisão e que ultimamente vinha se queixando de estar com medo de ser morta. E que se algo acontecesse, a amiga devia entrar em contato com o detetive Choi e dizer que Soo-jung não havia colocado veneno na bebida de Seo Yoon-hyung.


Na sede do Instituto Forense o Dr. Yoon realiza a autópsia no corpo de Soo-jung e conclui que ela morreu eletrocutada. Mas isso não prova que tenha sido um assassinato. O det. Choi entrega ao Dr. Yoon o diário pessoal de Soo-jung, na esperança de que possam encontrar aí alguma prova.


O Dr. Lee Myeong-han visita o advogado do senador Kang Joon-hyuk para questioná-lo sobre a morte da jovem Lee Soo-jung. Nervoso, ele pergunta ao advogado quantas pessoas mais terão de morrer para que o caso seja abafado... E se ele mesmo pode ser eliminado se não for mais útil ao político.


Através do diário de Soo-jung o Dr. Yoon e os demais descobrem que Kang Seo-yeon e o agente musical Joo Seon tramaram o assassinato de Seo Yoon-hyung. Soo-jung mudara de ideia e não teria envenenado o ex-namorado. Mas a única forma de provar sua inocência seria encontrar a garrafa de bebida que o músico Seo consumiu naquela fatídica noite. Muito tempo já se passou desde a morte de Seo, mas eles resolvem seguir mais uma vez a pista da garrafa que supostamente continha veneno.


O detetive Choi e Da-kyeong chegam tarde demais para evitar que o agente Joo Seon e seus capangas queimem possíveis provas importantes do caso Seo Yoon-hyung. Mas, para sorte deles, Oh-Seon-joo, uma garota que havia trabalhado nos bastidores do show do Voice, tem uma evidência importante a mostrar.


Enquanto isso, o Dr. Yoon visita Kang Seo-yeon para questioná-la sobre a morte de Seo Yoon-hyung . Ele explica à jovem que o modo como o músico foi envenenado o estava intrigando muito, mas finalmente ele percebeu como tudo aconteceu naquela noite.


Seo Yoon-hyung era um jovem forte e saudável e não poderia ter sido sufocado sem resistir. E para poder matá-lo, Kang Seo-yeon teria primeiro envenenado Seo com um ‘beijo mortal’. Sem se abalar, Kang Seo-yeon pergunta apenas se ele tem como provar sua teoria. O Dr. Yoon diz que ainda não, mas que vai trabalhar para isso.


Legendas em português, cortesia “Tea House and Cinema”
Link: http://bit.ly/GO72BR
Link para vídeo (raw) torrent: http://bit.ly/1H4jIAD

Observação importante: "Esse não é um site do tipo 'fansub'. Todas as legendas traduzidas por esse blog foram feitas para consumo pessoal (para encaminhar a amigos e familiares) e são divulgadas aqui como cortesia. Portanto, não serão aceitos pedidos (de títulos de dramas ou filmes), sugestões (de formato de vídeo, etc.) ou reclamações (sobre atrasos, formato de arquivos, etc.). Por favor, peço a sua consideração e respeito, pois muitas horas de lazer e descanso são perdidas na realização dessas traduções.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...