8 de mar de 2017

Be Positive (web-drama, 2016)




País: Coréia do Sul
Gênero: web-drama, romance, comédia romântica
Duração: 6 episódios
Produção: Naver TV, Samsung

Direção e Roteiro: Lee Byeong-heon-I

Elenco: Do Kyung-soo, Lee David, Chae Seo-jin, Kim Ee-seong, Nam Gi-ae, Kim Jong-soo.

Resumo

O estudante de cinema Hwan-dong enfrenta grandes dificuldades para produzir um filme. Apenas sua ex-namorada, Hye-jeong, uma atriz famosa poderá salvar seu projeto.

Comentário (com spoilers)

Be Positive (ou Positive Physique) é um web-drama financiado pela mega empresa coreana Samsung, com colaboração da Naver TV. A direção e roteiro são de um jovem e talentoso profissional, Lee Byeong-heon-I, conhecido por filmes como Twenty, ou Love Forecast.

E Lee Byeong-heon-I aproveita o gancho do (excelente) filme Twenty para falar sobre as mazelas da passagem da juventude para a vida adulta, nesta refrescante produção para a internet. Um micro-drama tão agradável que deixa no espectador a esperança de ver uma versão mais longa para a estória (de preferência com o mesmo elenco).

Com seu humor realista (mas compreensivamente nem tão pervertido como em Twenty), o diretor/roteirista conta a estória (autobiográfica?) de um estudante de cinema, e de seu reencontro com um amor do passado.

Do Kyung-soo (It´s Ok, That´s Love), é Kim Hwan-dong, um formando em cinema, que luta para levar a diante seu projeto de conclusão, um filme autoral. Quando o diretor do curso, o Prof. Ma (Kim Jong-soo, de Misaeng) avisa o estudante sobre a falta de verba no departamento para a produção do filme, tudo se complica. Aflitos, Hwan-dong e seu colega Hwang In-gook (Lee David, de Bring It On, Ghost) quebram a cabeça para encontrar uma saída para o problema. É aí que o Prof. Ma sugere a eles que convidem para participar do projeto uma jovem atriz famosa, ex-aluna da universidade. A princípio, o que parece uma boa ideia, torna-se uma dor de cabeça para Hwan-dong, já que a atriz em questão é Bang Hye-jeong (Chae Seo-jin, de Will You Be There), sua ex-namorada. Acontece que Hwan-dong e Hye-jeong não tiveram um rompimento dos mais amigáveis... Hwan-dong reluta, mas acaba chamando a jovem para uma entrevista e – para sua enorme surpresa – ela aceita participar da produção, mesmo sem garantia de um cachê, ou de uma exposição favorável. Resolvido o dilema, Hwan-dong monta a equipe de produção, recrutando parentes e amigos, mas ainda falta dinheiro para os gastos essenciais. Primeiro, ele pede dinheiro aos pais (o fantástico casal de atores Kim Ee-seong (Train to Busan, W – Two Worlds) e Nam Gi-ae (Oh Hae-Young Again, W – Two Worlds)), mas eles não parecem muito entusiasmados em investir na carreira de cineasta do filho. A alternativa é partir para o biscate, e Hwan-dong e In-gook tem de cavar muitos buracos (literalmente) para produzir seu primeiro filme.

Ao menos uma boa surpresa para Hwan-dong é descobrir que Hye-jeong não mudou nada, apesar da fama atual. Na verdade, ela tornou-se uma pessoa mais madura e sensata, e é quase impossível para Hwan-dong não se apaixonar de novo pela ex-namorada.

Be Positive traz uma estória simples, mas que trata com sensibilidade e (como sugere o título) otimismo, a importância da amizade, da família, e do amor verdadeiro. O elenco naturalmente encantador acrescenta muito à produção, especialmente Do Kyung-soo, um cantor que revelou recentemente seu talento como ator, e que tem sido requisitado especialmente no cinema, com filmes interessantes como Pure Love, My Annoying Brother, ou o mais recente, Room 7. Seu colega, Lee David já tem uma carreira prolífica tanto no cinema (Split, Pure Love) como na TV (Mirror of the Witch, Who Are You – School 2015). A surpresa agradável está na presença de Chae Seo-jin,  atriz de cinema (Curtain Call, Overman), irmã mais nova da famosa atriz Kim Ok-bin (Thirst, Yuna´s Street).

2 comentários:

  1. Sam ,depois de ler quase todos os seus textos aqui pensei: Como ela conhece tanto os atores coreanos, como ela sabe tanto deste mundo de dramas e filmes asiáticos? Como ela começou a gostar e se interessou por este mundo? Gostaria muito de ouvirá sua história ! Como foi o começo de tudo e também quais os dramas e filmes que mais foram marcantes pra você. Compartilho de muitos pensamentos seus, e vibro quando leio algo que vc escreve como quando falou sobre o talento do ator kim woo bin e como ele rouba a cena, seja em The heirs( onde amei o seu personagem e sua atuação) no filme Twenty ou seja em que papel estiver. Um mar sem fim de charme e talento. Conte a sua história!!!! Ficarei feliz em conhecer. Obrigada por compartilhar sempre suas impressões e descobertas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mônica,

      muito obrigada por suas palavras carinhosas, meu ego foi às alturas, rerê!
      Agradeço seu interesse sobre minha "biografia" de fã da cultura asiática... Acho que a cada postagem estou contando um pouquinho sobre quem sou, e sobre meus gostos em dramas e filmes... Mas prometo que vou pensar na sua sugestão de escrever sobre as origens do blog.

      enquanto isso, espero que você também mantenha contato, através deste espaço, e compartilhe conosco suas alegrias com os dramas...

      grande abraço,
      Sam.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...