7 de nov de 2011

Antarctic Journal (filme, 2005)


País: Coréia do Sul
Gênero: Drama Psicológico, Suspense
Duração: 114 min.

Direção: Lim Pil-seong
Roteiro: Lee Hae-joon, Lim Pil-seong

Elenco: Song Kang-ho, Yoo Ji-tae, Kim Kyeong-ik, Park Hee-soon, Yoon Je-moon, Choi Deok-moon, Kang Hye-jeong.

Sinopse

Uma expedição de seis homens pretende atingir o chamado "Pólo de Inacessibilidade", ou seja, o ponto mais remoto da costa até o centro da Antártica.  Cruzando o continente gelado à pé, eles lutam contra o tempo para realizar o seu desafio antes que o inverno chegue, e a noite profunda tome conta de tudo.


Comentário

À primeira vista, Antarctic Journal (Namguk Ilgi) pode parecer um drama humano sobre perseverança e atingir objetivos, mas na verdade é um filme, segundo o próprio diretor e roteirista, que examina questões sérias sobre a natureza humana, que são reveladas muito além do cenário antártico.

A estória é mais focada nos personagens do que nos eventos ou acidentes, descrevendo os conflitos e medos interiores desses homens, ao longo da expedição.

Misturando os gêneros de suspense e terror psicológico (nada de fantasmas ou seres extraterrestres, para variar, ufa), o filme é um relato fictício de uma equipe de exploradores que quer chegar ao pólo sul geográfico, feito atingido apenas por uma expedição russa, no ano de 1958. Em sua jornada, eles são confrontados com uma série de acidentes aparentemente misteriosos.

O ator Song Kang-ho (The President's Barber) interpreta o capitão da expedição, um homem apaixonado pelos grandes desafios, e obcecado em atingir o seu objetivo. O gatíssimo Yoo Ji-tae (Oldboy) é o membro mais jovem do grupo, um órfão que admira o capitão como a um pai.

Embora o diretor Lim admita que Antarctic Journal seja essencialmente um filme comercial, seu objetivo foi falar sobre a natureza humana implacável em satisfazer desejos, a ponto de pôr em risco uma vida. Em um lugar misterioso e desconhecido ele pôde passar com sucesso a sensação de medo e impotência combinada a essa natureza humana.

Apesar do filme não ter sido rodado no continente antártico, mas sim no sul da Nova Zelândia, o ambiente gelado foi captado de forma muito fidedigna.

Segundo a equipe de produção, as filmagens não foram nada fáceis, tanto pelo pouco tempo disponível quanto pelas péssimas condições meteorológicas. Pelo jeito, foi quase como se a ficção estivesse se repetindo na vida real.

E o ator Song Kang-ho comentou sobre o grande desafio que foi interpretar o personagem, já que, com um cenário árido e apenas seis personagens principais, suas performances ficaram muito mais expostas à atenção e escrutínio da audiência. Mas como ele mesmo concluiu, e com razão, o esforço trouxe resultados muito positivos.


Premiações

Melhor Filme Asiático no Festival Internacional de Sitges, Espanha.

Quem é Quem?

Lim Pil-seong, diretor e roteirista (1972): Hansel and Gretel (2007).

Lee Hae-joon, diretor, roteirista (1973): Castaway on the Moon (2009), Like a Virgin (2006), Arahan (2003).

Song Kang-ho, ator (1967): Hindsight (2010), Thirst (2009), The Host (2006), Memories of Murder (2003).

Yoo Ji-tae, ator, diretor, roteirista (1976): Secret Love (2009), Hello Schoolgirl (2008), Star´s Lover (drama, 2008), Trace of Love (2006), Oldboy (2003), Into the Mirror (2003).

Park Hee-soon, ator (1970): Russian Coffee (2011), BA:BO (2008), Seven Days (2007).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...