28 de fev de 2014

Officer of the Year (filme, 2011)


País: Coréia do Sul
Gênero: Policial, Comédia
Título Alternativo: The Apprehenders
Duração: 117 min.

Direção: Lim Chan-ik
Roteiro: Choi Jin-won, Lim Chan-ik, Yoon Soon-yong

Elenco: Park Joong-hoon, Lee Seon-gyoon, Lee Sung-min, Kim Jeong-tae, Choi Deok-moon, Joo Jin-moo, Lee Han-wi, Lee Won-hee.

Resumo

Na capital Seul, duas delegacias de polícia disputam entre si o título de número um na resolução de crimes violentos, e quase nunca jogando limpo...


Comentário

Uma das melhores comédias dos últimos tempos, Officer of the Year, consegue divertir sem cair no pastelão e, ao mesmo tempo, ser séria em alguns momentos, sem pieguice.

O filme começa com um narrador esclarecendo que os bairros de Seodaemun e Mapo abrigam uma enorme quantidade de bares e boates, o que atrai, consequentemente, crimes graves como tráfico de drogas e roubo. Alvo de constante pressão por parte dos oficiais superiores para atingir as metas de apreensão, os policiais de duas delegacias especializadas vivem em pé de guerra, competindo pelos melhores resultados. Os detetives da delegacia de Seodaemun são esforçados, mas seus métodos de investigação são um tanto caóticos...
Já a delegacia de Mapo é chefiada por Hwang Jae-seong (Park Joong-hoon), um policial de caráter obsessivo e determinado em estar sempre no topo. Sua tática é resolver os crimes que trazem mais pontos para a corporação, especialmente o tráfico de drogas. Para isto, Hwang conta uma rede de informantes dentro do mundo da contravenção, os quais ele protege numa troca pouco lícita de favores.


Os detetives da delegacia de Seodaemun parecem conformados com a inferioridade diante do esquadrão de Mapo... Até a chegada do novo chefe, Jeong Ee-chan (Lee Seon-gyoon), recém saído da academia de polícia. O det. Jeong não desperta muita confiança nos subordinados, com seu visual desleixado (o abrigo adidas e a boina de lã parecem colados ao seu corpo) e seu ar juvenil. A única preocupação real do det. Jeong é onde conseguir dinheiro para comprar um apartamento e casar com a noiva grávida. Ele é ameaçado diariamente pelo sogro, que não acredita na sua capacidade de sustentar uma família com o mísero salário de policial.


O det. Jeong só começa a agir seriamente ao ter dois meliantes capturados por ele (após atropelá-los por acaso, diga-se de passagem) literalmente roubados pelo det. Hwang. Furioso, Jeong descobre que o rival Hwang corre atrás da eficiência máxima em busca do título de “policial do ano”, o qual é agraciado não apenas com uma medalha, mas com um belo prêmio em dinheiro. Aí está o incentivo para o det. Jeong e sua equipe superarem finalmente a delegacia de Mapo.

O engraçado é que no começo da estória, você torce para que os simpáticos detetives da delegacia de Seodaemun consigam vingar-se dos rivais... Só que chega um momento em que é impossível não admitir que os policiais de Mapo não são apenas ambiciosos além da conta mas, simplesmente, ótimos profissionais.


Os atores Lee Seon-gyoon e Lee Sung-min fazem uma dupla deliciosamente divertida, parceria, aliás, que já se repetiu com grande sucesso nos dramas Golden Time e, mais recentemente, (a pérola) Miss Korea. Mas, para minha surpresa, o “duelo” entre Lee Seon-gyoon e Park Joong-hoon não ficou atrás em termos de empatia. Mas também não é de admirar, já que o ator Lee Seon-gyoon (que recebeu o apelido carinhoso das fãs de “The Voice”), além de supercarismático, é um queridão!


E, como costuma acontecer nos filmes coreanos, o elenco é recheado de figurinhas tarimbadas... Veteranos como Lee Han-wi (presente em um de cada três dramas coreanos), o “cara de buldogue” Joo Jin-moo, ou o comediante Lee Won-hee (em uma participação hilária, como o lunático Dr. Ko).


E, para finalizar, gosto sempre de destacar o currículo da produção que, neste caso é composta de gente multitalentosa. Lim Chan-ik, além de diretor, é editor, ator e roteirista e recebeu, merecidamente, por este filme o prêmio de Melhor Novo Diretor, no PaekSang Arts Awards, em 2012. Ele foi editor de outra ótima comédia, The Wedding Campaign, e trouxe o roteirista Yoon Soon-yong deste filme para ser seu parceiro no roteiro de Officer of the Year. Atualmente Lim Chan-ik está na TV, dirigindo o drama Cheo Yong: The Paranormal Detective. O terceiro roteirsta de Officer of the Year, Choi Jin-won, também está de volta à TV, a cargo do drama Big Man, com Kang Ji-hwan, que  estreia este ano.

Um comentário:

  1. Nossa!
    fiquei morrendo de vontade de assistir, adicionei a lista gigantesca 'to watch' rss..
    Adoro o trabalho do Lee Seon-gyoon! ;)

    ps: Meu coração bateu forte com a nova foto lá em cima! hahaha Sang Wook <3

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...