28 de nov de 2011

Wedding Campaign (filme, 2005)


País: Coréia do Sul
Gênero: Comédia, Romance, Drama
Duração: 120 min.

Direção: Hwang Byeong-gook
Roteiro: Choi Jong-hyeon, Hwang Byeong-gook, Kim Eun-chae, Lee Jeong-eun, Yoon Soon-young.

Elenco: Jeong Jae-yeong, Soo-ae, Yoo Joon-sang.

Sinopse

Hong Man-taek é um agricultor pobre, ignorante, que aos 38 anos de idade ainda não se casou e mora com a mãe viúva e o avô. Sem perspectiva de encontrar uma esposa no interior, ele é convencido pelo avô a partir em busca de uma companheira no exterior. Assim, junto com o melhor amigo, Hee Chul, ele viaja para o distante Uzbequistão, onde existe uma antiga colônia de imigrantes coreanos. Nesse país exótico, de povo meio muçulmano, meio russo, ele vai conhecer a coreana Kim Lara, que trabalha como tradutora para uma agência de casamentos. Kim Lara faz de tudo para arrumar uma boa candidata para Man-taek, o que não é fácil, já que não há muitas mulheres interessadas em casar com um agricultor de meia-idade. Por outro lado, Lara tem seus próprios dramas pessoais, com um chefe mau caráter, e segredos que tornam um perigo constante a sua vida no Uzbequistão.


Mais uma bela atuação de Jeong Jae-yeong, bem como da sempre graciosa Soo-ae, nessa comédia dramática de cenário exótico, o distante e quase inacessível Uzbequistão. Um filme delicado, de personagens simples, que parecem ter saído da vida real, para nos comover e divertir em igual medida.

- Hwang Byeong-gook, diretor, roteirista, ator (1968): SIU (2011), Musa (2001).

- Choi Jong-hyeon, diretor, roteirista (1969): Little Prince (2007), Grand Prix (2010).


Legendas em português, cortesia Tea House and Cinemahttp://bit.ly/yFsKkZ

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.

Vídeo em: http://bit.ly/1JHopQl

Observação importante: "Esse não é um site do tipo 'fansub'. Todas as legendas traduzidas por esse blog foram feitas para consumo pessoal (para encaminhar para amigos e familiares) e são divulgadas aqui como cortesia. Portanto, não serão aceitos pedidos (de títulos de dramas ou filmes), sugestões (de formato de vídeo, etc.) ou reclamações (sobre atrasos, formato de arquivos, etc.). Por favor, peço a sua consideração e respeito, pois muitas horas de lazer e descanso são perdidas na realização dessas traduções.

24 de nov de 2011

Kiina (drama, 2009)


Título original: Kiina fukanou hanzai sousakan (Impossible Crimes Investigator Kiina)
País: Japão
Gênero: Policial, Mistério
Duração: 9 episódios
Produção: NTV

Direção: Inomata Ryuichi
Roteiro: Yoshida Tomoko

Elenco: Miho Kanno, Yuta Hiraoka, Muga Tsukaji, Eiko Koike, Ikki Sawamura.

Comentário

Kiina é o título desse drama japonês, e o nome do seu personagem principal. Kiina Haruse (Miho Kanno) é uma detetive de polícia especializada em “crimes sobrenaturais”, ou seja, crimes misteriosos, que normalmente são impossíveis de serem explicados pelo senso comum.

Kiina é uma mulher solteira de 29 anos, voz suave, e que traz sempre um sorriso no rosto. Ela é a única funcionária do chamado "Beppan", uma unidade especial do Departamento da Polícia Metropolitana de Tóquio. Uma vez que um crime aparentemente insolúvel chama a sua atenção, nada pode ficar em seu caminho. Com sua concentração excepcional e ponto de vista feminino único, ela resolve os mais intrincados mistérios em um instante.

O policial novato Takeru Yamazaki (Yuta Hiraoka) também é designado à unidade Beppan, para trabalhar com a excêntrica Kiina. Juntamente com o chefe do laboratório criminal (e ex-namorado de Kiina) Shinichiro Kudo (Muga Tsukaji), bem como o chefe de polícia Kazuma Miyabi (Ikki Sawamura), eles se vêem envolvidos nos mais estranhos casos.


Uma curiosidade sobre esse drama é que cada um dos casos bizarros apresentados é baseado em fatos reais, introduzidos por programas de TV populares no Japão, como "Far East Research Co. Ltd.", ou o antigo "The! Sekai Gyoten News" (algo como “notícias espantosas do mundo”). Tudo o que é explicado pelos últimos avanços científicos e tecnológicos ressurge de forma espantosa e ao mesmo tempo divertida nesse drama muito original.
Enfim, para quem assistiu (e gostou) de dramas como Mr. Brain, Galileo e Control, vai se divertir muito com Kiina.

Site oficial: http://www.ntv.co.jp/kiina/


Miho Kanno, atriz e cantora (1977). A graciosa e super talentosa Miho Kanno é uma espécie de Calista Flokhart japonesa. Muitos dos personagens interpretados por ela têm algum ‘tique’ neurótico, mas sempre com um toque de humor, característico da atriz. Alguns dramas de Kanno que assisti e posso recomendar são Magerarenai Onna (2010),  e especialmente Hataraki Man (2007), um dos dramas japoneses mais divertidos que já assisti. Ela também está no maravilhoso filme Dolls (2002).

Muga Tsukaji, ator. O gordinho Muga Tsukaji já é bem conhecido por seus papéis em dramas como Hancho e Gakeppuchi No Eri.

Ikki Sawamura, ator, cantor (1967). O belíssimo Ikki Sawamura tem uma carreira sólida na TV japonesa, e pode ser visto no mais recente drama médico Doctors (Saikyou no Meii,TV Asahi, 2011), e em um papel divertidíssimo no drama Natsu no Koi wa Nijiiro ni Kagayaku (Fuji TV, 2010).

7 de nov de 2011

Antarctic Journal (filme, 2005)


País: Coréia do Sul
Gênero: Drama Psicológico, Suspense
Duração: 114 min.

Direção: Lim Pil-seong
Roteiro: Lee Hae-joon, Lim Pil-seong

Elenco: Song Kang-ho, Yoo Ji-tae, Kim Kyeong-ik, Park Hee-soon, Yoon Je-moon, Choi Deok-moon, Kang Hye-jeong.

Sinopse

Uma expedição de seis homens pretende atingir o chamado "Pólo de Inacessibilidade", ou seja, o ponto mais remoto da costa até o centro da Antártica.  Cruzando o continente gelado à pé, eles lutam contra o tempo para realizar o seu desafio antes que o inverno chegue, e a noite profunda tome conta de tudo.


Comentário

À primeira vista, Antarctic Journal (Namguk Ilgi) pode parecer um drama humano sobre perseverança e atingir objetivos, mas na verdade é um filme, segundo o próprio diretor e roteirista, que examina questões sérias sobre a natureza humana, que são reveladas muito além do cenário antártico.

A estória é mais focada nos personagens do que nos eventos ou acidentes, descrevendo os conflitos e medos interiores desses homens, ao longo da expedição.

Misturando os gêneros de suspense e terror psicológico (nada de fantasmas ou seres extraterrestres, para variar, ufa), o filme é um relato fictício de uma equipe de exploradores que quer chegar ao pólo sul geográfico, feito atingido apenas por uma expedição russa, no ano de 1958. Em sua jornada, eles são confrontados com uma série de acidentes aparentemente misteriosos.

O ator Song Kang-ho (The President's Barber) interpreta o capitão da expedição, um homem apaixonado pelos grandes desafios, e obcecado em atingir o seu objetivo. O gatíssimo Yoo Ji-tae (Oldboy) é o membro mais jovem do grupo, um órfão que admira o capitão como a um pai.

Embora o diretor Lim admita que Antarctic Journal seja essencialmente um filme comercial, seu objetivo foi falar sobre a natureza humana implacável em satisfazer desejos, a ponto de pôr em risco uma vida. Em um lugar misterioso e desconhecido ele pôde passar com sucesso a sensação de medo e impotência combinada a essa natureza humana.

Apesar do filme não ter sido rodado no continente antártico, mas sim no sul da Nova Zelândia, o ambiente gelado foi captado de forma muito fidedigna.

Segundo a equipe de produção, as filmagens não foram nada fáceis, tanto pelo pouco tempo disponível quanto pelas péssimas condições meteorológicas. Pelo jeito, foi quase como se a ficção estivesse se repetindo na vida real.

E o ator Song Kang-ho comentou sobre o grande desafio que foi interpretar o personagem, já que, com um cenário árido e apenas seis personagens principais, suas performances ficaram muito mais expostas à atenção e escrutínio da audiência. Mas como ele mesmo concluiu, e com razão, o esforço trouxe resultados muito positivos.


Premiações

Melhor Filme Asiático no Festival Internacional de Sitges, Espanha.

Quem é Quem?

Lim Pil-seong, diretor e roteirista (1972): Hansel and Gretel (2007).

Lee Hae-joon, diretor, roteirista (1973): Castaway on the Moon (2009), Like a Virgin (2006), Arahan (2003).

Song Kang-ho, ator (1967): Hindsight (2010), Thirst (2009), The Host (2006), Memories of Murder (2003).

Yoo Ji-tae, ator, diretor, roteirista (1976): Secret Love (2009), Hello Schoolgirl (2008), Star´s Lover (drama, 2008), Trace of Love (2006), Oldboy (2003), Into the Mirror (2003).

Park Hee-soon, ator (1970): Russian Coffee (2011), BA:BO (2008), Seven Days (2007).

1 de nov de 2011

9 End 2 Outs (drama, 2007)


Aproveitando a presença de dois atores no elenco do recém estreado drama "A Thousand Days’ Promise", Park Soo Ae e Lee Sang Woo, resgatamos o belíssimo drama coreano "9 End 2 Outs", do ano de 2007. Top 10 na lista do THC!

País: Coréia do Sul
Gênero: Romance, Drama
Duração: 16 episódios
Produção: MBC TV
Direção: Han Cheol-soo
Roteiro: Yeo Ji-na

Elenco

- Park Soo-ae, como Hong Nan-hee (editora de livros)
- Lee Jeong-jin, como Byeon Hyeong-tae (publicitário)

- Lee Tae Seong, como Kim Jeong-joo (jogador de baseball)
- Hwang Ji Hyun, como Yoon Seong-ah (violonista)
- Lee Sang Woo, como Lee Joon-mo (ex de Nan-hee, publicitário)

- Jo Eun-ji, como Kim Choon-hee (amiga solitária)
- Son Jeong-min, como Jeon Mi-kyeong (amiga casada)
- Lee Doo-il, Im Nak-bin (funcionário da editora)
- Yoona, como Sin Joo-yeong (escritora adolescente)

Sinopse

Um drama sobre a vida de jovens adultos na cidade de Seul, suas ilusões sobre o amor, o trabalho e as amizades.


Hong Nan Hee trabalha em uma editora de quadrinhos, e que sonha em se tornar uma escritora. Ela também sonha com um grande amor, mas está desiludida com os relacionamentos fracassados que contabilizou em sua vida. Seu melhor amigo de toda a vida é Byun Hyung Tae. Hyung Tae pode ser um grande partido aos olhos de muitas mulheres, mas para Nan Hee, ele é o apoio que ela precisa nos momentos de crise, e alguém para compartilhar suas alegrias e desventuras.

9 End 2 Outs usa o tema do baseball para comparar, de forma divertida, os destinos e vidas de jovens apaixonados.

Comentário

Esse drama, que ficou para sempre no coração de todos que o assistiram, acompanha com sensibilidade e realismo um grupo de amigos que se conheceram nos tempos de faculdade, e agora, enfrentando os problemas da vida adulta, tentam viver e ser felizes. A roteirista Yeo Ji-na é responsável por outros enredos maravilhosos, como o drama He Who Can´t Marry (2009), e o filme (hoje já um clássico) Il Mare (2000).

O casal de amigos (amantes?) Nan-hee e Hyeong-tae certamente é um dos pares românticos mais carismáticos da estória da dramaturgia coreana. Sua amizade pura e verdadeira nos faz torcer por eles até o último minuto da estória. Um romance inesquecível!

E o gatíssimo Lee Sang Woo parece estar eternamente destinado a ser o amor não correspondido de Soo-ae... Quem sabe num próximo drama ele terá a chance de ‘pegá-la’, não é?!


Quem é Quem

Park Soo-ae, atriz (1980): A Thousand Days’ Promise (drama, 2011), Athena (drama, 2010), The Sword With No Name (2009), Sunny (2008), Love Letter (drama, 2003).

Lee Jeong-jin, ator (1978): Wonderful Radio (2012), No Doubt (2010), The Fugitive Plan B (drama, 2010), Troubleshooter (2010), I Love You, Don´t Cry (drama, 2008).

Lee Tae Seong, ator (1985): Hooray for Love (2011), Naughty Kiss (drama, 2010), 26 Years Diary (2006).

Lee Sang Woo, ator (1980): A Thousand Days’ Promise  (2011), Believe in Love (drama, 2011), Searching for the Elephant (2008).

Han Cheol-soo, diretor (1962): Gourmet (drama, 2008), All About Eve (drama, 2000).

Yeo Ji-na, roteirista: He Who Can´t Marry (drama, 2009), Reversal of Fortune (2003), Il Mare (2000).

Legendas em português (cortesia Tea House and Cinema): http://bit.ly/MrBws7

Links para Vídeo: (softsub): http://bit.ly/M7Buoo

Observação importante: "Esse não é um site do tipo 'fansub'. Todas as legendas traduzidas por esse blog foram feitas para consumo pessoal (para encaminhar a amigos e familiares) e são divulgadas aqui como cortesia. Portanto, não serão aceitos pedidos (de títulos de dramas ou filmes), sugestões (de formato de vídeo, etc.) ou reclamações (sobre atrasos, formato de arquivos, etc.). Por favor, peço a sua consideração e respeito, pois muitas horas de lazer e descanso são perdidas na realização dessas traduções. Assim sendo, não faça novos links para estes arquivos, ou altere os mesmos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...